UOL Notícias Notícias
 

27/02/2010 - 15h25

Número de mortos em terremoto no Chile sobe a 122

Santiago - Subiu para 122 o número oficial de mortos no terremoto de 8,8 graus que atingiu o Chile na madrugada deste sábado. Ondas dois metros acima do normal atingiram a costa do país, de acordo com o serviço de pesquisa geológica do EUA. Testemunhas na região costeira de Maule, próxima ao epicentro do abalo, viram casas "simplesmente desaparecerem".

Fontes do governo disseram que em algumas áreas de Maule até 80% das cidades foram destruídas pelo terremoto e pelas ondas subsequentes. A maioria das mortes - 85 das 122 registradas pelo governo - ocorreu na região. Esforços de ajuda estão a caminho e o governo disse que pode enviar tropas para garantir a segurança nas regiões mais afetadas.

A mineradora nacional Codelco disse que não tem informação sobre o estado de sua mina de cobre El Teniente, localizada logo ao sul da capital. Um porta-voz disse que todas as principais minas do grupo no norte do país, que é o maior exportador de cobre do mundo, ficaram praticamente intactas.

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, reuniu-se com autoridades emergenciais na manhã de hoje e voou em helicóptero do exército para a área mais atingida. O governo não declarou emergência nacional, mas identificou as regiões atingidas no sul do país que irão receber fundos emergenciais. Segundo Bachelet, o Chile tem, neste momento, os recursos necessários para enfrentar as consequências do terremoto e não precisa de socorro internacional imediato.

Santiago mergulhou em trevas após o terremoto. Telefones foram cortados e o fornecimento de energia e gás, interrompido. O principal aeroporto e o metrô estão fechados.

As autoridades tentam obter mais informações de Juan Fernandez e outras ilhas da costa do país, que foram atingidas por ondas maiores logo após o sismo. Residentes do Havaí, enquanto isso, foram orientados a evacuar as áreas mais baixas ao longo da costa do arquipélago. Sirenes de tsunami foram disparadas às 13 horas (de Brasília), e ondas podem atingir as ilhas logo após 18 horas. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h19

    0,19
    3,272
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h26

    -0,48
    63.780,42
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host