UOL Notícias Notícias
 

04/03/2010 - 19h41

Pianista e compositor Johnny Alf morre aos 80 anos

São Paulo - Morreu na tarde desta quinta-feira o pianista e compositor Johnny Alf, após longa luta contra um câncer na próstata, segundo informou seu assessor Nelson Valença. Tinha 80 anos. Autor de clássicos da música brasileira como "Eu e a Brisa", "Ilusão à Toa" e "Rapaz de Bem", tinha um jeito todo seu de tocar piano, com espaço para o samba, a bossa nova, o jazz e a música pop.

Alf estava internado no hospital Mário Covas, em Santo André, no ABC paulista. A informação inicial é de que seu corpo será velado amanhã, na Assembleia Legislativa de São Paulo. Segundo informou a produtora teatral Lulu Librandi, o sepultamento será no Cemitério do Morumbi, em São Paulo, cidade que adotou a partir da metade dos anos 1950.

Nascido Alfredo José da Silva, na Vila Isabel (zona norte do Rio), no dia 19 de maio de 1929, Johnny Alf perdeu o pai, o cabo do Exército Antônio José de Almeida, quando tinha três anos. A mãe, a dona de casa Inês Maria da Conceição, passou então, por necessidades financeiras, a trabalhar como empregada doméstica.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host