UOL Notícias Notícias
 

05/03/2010 - 08h42

Principal suspeito de matar secretário no RS se entrega

São Paulo - O principal suspeito da morte do ex-vice-prefeito de Porto Alegre e secretário municipal de Saúde de Porto Alegre Eliseu Felippe dos Santos, se entregou na noite de ontem. Segundo a Polícia Civil, Eliseu Pompeu Gomes, que seria ligado a uma quadrilha de roubo de carros, se apresentou no município de Canela e já foi transferido para o Presídio Central de Porto Alegre. A polícia confirmou a autoria do crime a partir do rastro de sangue deixado na cena do crime.

De acordo com a corporação, o secretário, de 63 anos, foi morto em uma tentativa de assalto na noite de sexta-feira da semana passada, no bairro Floresta, na capital gaúcha. Após o tiroteio, o suspeito, de 22 anos, foi atendido no hospital São Camilo, de Esteio, região metropolitana de Porto Alegre. Com dois tiros nas pernas, ele informou que havia sofrido um assalto. Depois de uma investigação preliminar, a polícia desmentiu a informação dada inicialmente por ele.

A polícia havia coletado amostras de saliva da mãe e de um irmão de Gomes para comparar com o código genético das manchas de sangue encontradas na cena do crime. O Instituto Geral de Polícias confirmaram as suspeitas. "Além da prova material básica que botou o suspeito na cena do crime, temos 15 relatos que convergem para a participação dele no latrocínio", afirmou anteriormente o titular da Delegacia de Homicídios, delegado Bolívar Llantada.

A Polícia Civil informou que o delegado Ranolfo Vieira Junior, diretor do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), e Llantada não poderão mais informar sobre o caso, pois o inquérito agora segue em segredo de Justiça.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host