UOL Notícias Notícias
 

10/03/2010 - 19h33

Nasdaq fecha no melhor nível desde agosto de 2008

Nova York - Os principais índices de ações do mercado norte-americano fecharam com um ganho modesto, com o Nasdaq alcançando seu melhor nível em mais de 18 meses. Mas o impulso de alta proporcionado pelo vigor das ações financeiras e os dados positivos dos estoques no atacado foram limitados pela persistente incerteza econômica.

O índice Dow Jones subiu 2,95 pontos (0,03%) e fechou com 10.567,33 pontos, seu melhor nível desde 20 de janeiro deste ano. O Nasdaq avançou 18,27 pontos (0,78%) e fechou com 2.358,95 pontos, melhor fechamento desde 29 de agosto de 2008. O S&P-500 subiu 5,17 pontos (0,45%) e fechou com 1.145,61 pontos, melhor nível desde 19 de janeiro deste ano.

Segundo observadores, pesa sobre o sentimento do investidor a preocupação sobre se o atual ciclo de alta, que ontem completou um ano, está à frente dos fundamentos ou não. "Existe a probabilidade de alguma vertigem nesses níveis", disse Paul Atkinson, da Equities at Aberdeen Asset Management, observando que o S&P-500 está agora 59,2% acima dos níveis de há um ano, quando a recuperação do mercado está apenas começando. "Normalmente, você pensaria que se o mercado se moveu este tanto, não estaríamos no ponto de algum tipo de correção?", acrescentou.

Contudo, Atkinson disse que se sente confortado pelas pequenas melhoras que tem visto nos lucros corporativos, assim como nos indicadores econômicos. Ele observou que o relatório do Departamento do Comércio dos EUA, que mostrou um inesperado declínio de 0,2% nos estoques no atacado em janeiro, "aponta que a reconstrução ainda tem espaço", e isso é positivo para parte das companhias industriais, pois indica que a economia dos EUA vai continuar com a reposição dos estoques.

Entre as ações do setor industrial, destaque para a alta de 3,27% da Boeing, que ampliou os ganhos iniciados na terça-feira com base nas expectativas de que irá conquistar um contrato de US$ 35 bilhões com a Força Aérea dos EUA após a desistência da Northrop Grumman.

As blue chips financeiras também tiveram um forte desempenho, beneficiadas pela melhora na demanda sinalizada pelo declínio nos estoques no atacado: Bank of America +1,85% e JPMorgan +1,20%. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host