UOL Notícias Notícias
 

11/03/2010 - 18h27

Investidor mira vencimento de opões e Bolsa cai 0,14%

São Paulo - Não foi hoje, de novo, que o índice Bovespa conseguiu recuperar o patamar de 70 mil pontos no fechamento. Ao contrário, o principal índice acionário doméstico recuou e afastou-se um pouco desse nível, em meio à movimentação dos investidores para o vencimento de opções sobre ações na próxima semana.

O Ibovespa terminou o dia em queda de 0,14%, aos 69.884,61 pontos. Na mínima do dia, registrou 69.411 pontos (-0,81%) e, na máxima, os 70.183 pontos (+0,29%). No mês, a Bolsa sobe 5,08% e, no ano, 1,89%. O giro financeiro totalizou R$ 5,849 bilhões. Os dados são preliminares.

A quinta-feira foi recheada de dados com força para impactar os negócios nas Bolsas internacionais e não foi diferente no Brasil, com os números do PIB e de vendas do varejo. Mas, no final das contas, o movimento ficou concentrado entre Petrobras e Vale e o jogo para o exercício da segunda-feira que vem.

O Ocidente amanheceu hoje tendo em mãos os números divulgados pela China e eles mostraram que a atividade econômica no gigante asiático segue robusta. Mas a inflação também está mais alta, o que suscitou rumores de que o governo chinês vai adotar medidas para conter o avanço da economia. Com isso, o rumo dos preços das commodities metálicas foi o de queda - uma das exceções foi o cobre, que subiu após um novo tremor no Chile hoje.

Nos EUA, saíram os números de pedidos de auxílio-desemprego, que caíram 6 mil pedidos na semana até 6 de março, ante previsão de queda de 9 mil. As Bolsas norte-americanas também tiveram bastante volatilidade e, depois de boa parte do dia em queda, viraram para cima no final e terminaram nas máximas. Dow Jones subiu 0,42%, aos 10.611,84 pontos, S&P avançou 0,40%, aos 1.150,24 pontos, e Nasdaq ganhou 0,40%, aos 2.368,46 pontos.

Na Europa, o sinal vermelho predominou: o DAX da Bolsa de Frankfurt perdeu 0,14%, aos 5.928,63 pontos, o índice FTSE 100 da Bolsa de Londres caiu 0,41%, para 5.617,26 pontos. O índice CAC-40 da Bolsa de Paris cedeu 0,37%, aos 3.928,95 pontos, enquanto o índice IBEX35 da Bolsa de Madri recuou 0,68%, para 11.045,40 pontos.

De volta ao Brasil, Vale ON terminou o dia em baixa de 1,31% e Vale PNA em queda de 0,81%. A mineradora comunicou hoje a intenção de emitir bônus denominados em euros no mercado de capitais global, e para isso pediu listagem na Bolsa de Luxemburgo.

Petrobras fechou estável na ação ON e com alta de 0,14% na PN. Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), o contrato do petróleo para abril subiu 0,02%, a US$ 82,11 o barril. Ontem, a Câmara dos Deputados conseguiu, enfim, concluir a votação dos quatro projetos que integram o marco regulatório do pré-sal. Os textos seguirão agora para o Senado e devem ter caráter de urgência pedido para sua conclusão ainda no primeiro semestre.

As ações do varejo no Brasil também fecharam em alta, com destaque para B2W ON (+1,59%). Os especialistas explicam que os papéis reagiram aos dados de vendas de janeiro divulgados hoje pelo IBGE, que surpreenderam positivamente. Segundo o Instituto, as vendas do comércio varejista subiram 2,70% no primeiro mês deste ano em relação a dezembro de 2009, na série com ajuste sazonal, mais do que previam os analistas (de 0,8% a 2,00%). Na comparação com janeiro de 2009, as vendas do varejo aumentaram 10,40% em janeiro deste ano.

Já o PIB de 2009 não fez preço nos ativos: no ano passado, a economia brasileira recuou 0,2% ante 2008. Apenas no quarto trimestre, o PIB cresceu 2% ante o terceiro trimestre, e 4,3% ante o mesmo trimestre de 2008.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,29
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h30

    -0,17
    74.318,72
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host