UOL Notícias Notícias
 

12/03/2010 - 07h23

Bolsas asiáticas apresentam declínio; Xangai cai 1,2%

Tóquio - A maioria dos mercados da Ásia encerrou no campo negativo. As expectativas da adoção de medidas de aperto monetário por parte da China, após a alta acima das expectativas da inflação de fevereiro, dominaram o cenário nas bolsas da região nesta sexta-feira.

Este foi o caso da Bolsa de Hong Kong, que teve ligeira queda. O índice Hang Seng perdeu 18,46 pontos, ou 0,1%, e terminou aos 21.209,74 pontos - na semana, o índice acumulou alta de 2%.

Já as Bolsas da China apresentaram pesadas perdas, lideradas pelas ações de imobiliárias e bancos. O índice Xangai Composto perdeu 1,2% e encerrou aos 3.013,41 pontos - na semana, o índice baixou 0,6%. Já o índice Shenzhen Composto caiu 1,4% e terminou aos 1.147,44 pontos.

O yuan teve sua maior valorização em relação ao dólar no ano, devido às especulações de que Pequim irá mexer no câmbio ao término do Congresso Nacional do Povo - o encontro encerra-se domingo. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8255 yuans, de 6,8266 yuans do fechamento de quinta-feira.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou praticamente estável, apesar dos ganhos em Wall Street. O índice Taiwan Weighted teve queda de apenas 1,33 ponto e encerrou aos 7.748,33 pontos.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul fechou em alta seguindo os ganhos das bolsas dos EUA e sustentada por investidores estrangeiros, mas as ações das montadoras tiveram forte queda com a valorização do won. O índice Kospi avançou 0,4% e fechou aos 1.662,74 pontos.

A Bolsa de Sydney fechou praticamente estável, com a relutância dos investidores em assumir posições longas. O índice S&P/ASX 200 terminou com alta de apenas 0,1% e fechou aos 4.818,1 pontos.

Nas Filipinas, o índice PSE da Bolsa de Manila caiu 1,7% e encerrou aos 3.072,91 pontos, pressionado pelo expectativa de que o governo local comece a suspender medidas de ampliação da liquidez.

A Bolsa de Cingapura teve ligeira alta em linha com similares modestos ganhos em Wall Street uma vez que os investidores permanecem preocupados com o estado da economia global. O índice Straits Times subiu 0,3% e fechou aos 2.881,36 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, recuou 0,4% e fechou aos 2.666,51 pontos, com realizações de lucros após recentes ralis sobrepondo-se à elevação do rating do país pela Standard & Poor's.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, avançou 1,0% e fechou aos 733,34 pontos, já que os investidores acreditam que, enquanto alguma violência no fim de semana é possível, é improvável que ponha em risco o governo; estrangeiros agora são compradores líquidos por 14 dias seguidos, maior período desde janeiro de 2005.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, cedeu 0,8% e fechou aos 1.311.20, por conta de perdas em papéis de empresas agrícolas, de tecnologia e financeiras devido a realizações de lucros após recentes fortes ganhos. As informações são da Dow Jones

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h00

    -0,03
    3,135
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h08

    -0,18
    75.853,61
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host