UOL Notícias Notícias
 

15/03/2010 - 18h30

Polícia conclui que secretário foi vítima de latrocínio

Em Porto Alegre

Polícia prende segundo suspeito de matar secretário da Saúde de Porto Alegre

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul entregou hoje à Justiça o inquérito sobre a morte do secretário da Saúde de Porto Alegre, Eliseu Santos. Segundo o titular da Delegacia de Homicídios e Desaparecidos, Bolívar Llantada, o secretário foi vítima de latrocínio (quando o acusado mata para roubar).

Santos foi atingido por um tiro no peito ao reagir a uma tentativa de assalto na noite de 26 de fevereiro. A polícia prendeu dois suspeitos que o secretário feriu durante o tiroteio depois de identificá-los por buscas em hospitais. Um terceiro participante do grupo ainda não foi encontrado.

Apesar de confirmar que pediu a prisão preventiva dos assaltantes, o delegado não confirmou o nome deles alegando que o caso está sob segredo de Justiça.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host