UOL Notícias Notícias
 

17/03/2010 - 16h56

Petróleo fecha a US$ 82,93, maior valor em 2 meses

Nova York - Os contratos futuros de petróleo atingiram a máxima em dois meses em Nova York, com uma continuada melhora na perspectiva econômica alimentando a demanda do investidor pela commodity e outros ativos de risco, tais como as ações. O relatório semanal sobre os estoques comerciais americanos, divulgado pelo Departamento de Energia, também ofereceu suporte ao apontar um declínio maior que o esperado nos estoques dos combustíveis.

Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), os contratos de petróleo com vencimento em abril subiram US$ 1,23 (1,5%) e fecharam a US$ 82,93 por barril - o maior nível desde 6 de janeiro, quando fechou a US$ 83,18 por barril. Perto do fechamento, na ICE Futures, os contratos de petróleo Brent para maio avançavam US$ 1,43 (1,8%) para US$ 81,96 por barril.

"Qualquer ganho de hoje do petróleo veio do sentimento geral de que a economia está se fortalecendo e que o apetite por risco está em marcha novamente", disse Peter Beutel, presidente da Cameron Hanover. Ele acrescentou que a decisão de terça-feira do Federal Reserve, de manutenção do juro em níveis "excepcionalmente baixos" por um "período prolongado", e uma diminuição das preocupações sobre os problemas da dívida da Grécia reforçaram a confiança no mercado.

Um ambiente de juro baixo é visto como positivo para a manter a recuperação econômica nos EUA nos trilhos e também significa que o financiamento para investimentos e empréstimos deve se manter barato, beneficiando os ativos de maior risco, mas com melhores taxas de retorno. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host