UOL Notícias Notícias
 

19/03/2010 - 10h33

Dólar comercial abre em alta de 0,50%, a R$ 1,795

São Paulo - O dólar comercial abriu o dia em alta de 0,50%, negociado a R$ 1,795 no mercado interbancário de câmbio. No pregão de ontem, a moeda norte-americana fechou com ganho de 1,19%, cotada a R$ 1,786. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o dólar com liquidação à vista abriu as negociações em alta de 0,48%, a R$ 1,795.

No exterior, a alta sustentada nas bolsas europeias contrasta com o comportamento do euro, que volta a ser prejudicado pelas discussões a respeito da solução para a situação fiscal precária da Grécia. No Brasil, o ajuste feito no dólar já foi forte ontem. Mais do que no exterior, a moeda norte-americana subiu em relação ao real não só pela repercussão dos problemas gregos, mas também por questões internas. Houve frustração com o resultado da oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da OSX e manutenção da Selic (a taxa básica de juros da economia).

Apesar da frustração com a captação da OSX, os operadores estão confiantes no fluxo de recursos positivo para o Brasil. Afinal, não faltam notícias sobre novas operações, tanto no mercado de ações quanto no de títulos corporativos.

A julgar pela agenda, o mercado doméstico de câmbio não deve ter muitas notícias hoje. Não há indicadores previstos nos EUA e, internamente, o destaque é a cerimônia de encerramento da 2.ª Conferência de Crédito Imobiliário do Banco Central, em Fortaleza. Porém, o presidente da instituição, Henrique Meirelles, participa somente por meio de videoconferência. Isso reduz um pouco o interesse no evento, apesar de estar prevista a presença do diretor de Normas do BC, Alexandre Tombini, visto pelo mercado como eventual sucessor de Meirelles no comando da instituição.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host