UOL Notícias Notícias
 

24/03/2010 - 16h16

Bolsas europeias fecham sem direção comum

Londres - As principais bolsas europeias registraram desempenhos desiguais, com os mercados ibéricos fechando em baixa, enquanto os demais conseguiram reverter as acentuadas perdas sofridas na sequência da decisão da Fitch de rebaixar o rating soberano de Portugal para AA-, com perspectiva negativa. Em Londres, o índice FT-100 subiu 4,25 pontos (0,07%) e fechou com 5.677,88 pontos; em Paris, o índice CAC-40 caiu 2,74 pontos (0,07%) e fechou com 3.949,81 pontos; em Frankfurt, o índice Dax-30 subiu 21,73 pontos (0,36%) e fechou com 6.039,00 pontos; em Milão, o índice FTSE/MIB subiu 32,81 pontos (0,14%) e fechou com 22.798,70 pontos.

A Fitch Ratings rebaixou o rating de Portugal de AA para AA- para refletir um "desempenho orçamentário significativamente abaixo da média em 2009". O anúncio atingiu as ações portuguesas, com o índice PSI-20 caiu 82,90 pontos (1,03%) e fechou com 7.997,33 pontos. Entre as blue chips, Banco Comercial Português caiu 1,22% e Portugal Telecom recuou 1,68%. Na vizinha Espanha, o índice da Bolsa de Madri Ibex-35 caiu 129,90 pontos (1,18%) e fechou com 10.866,30 pontos, pressionado pelas perdas das blue chips bancárias Santander (-2,49%) e BBVA (-1,35%).

Apesar da Grécia ser o país que está no centro das preocupações fiscais da Europa, o índice ASE Composite da Bolsa de Atenas conseguiu fechar com um ganho de 0,8%, com 2.062,94 pontos, antes do início do encontro de cúpula dos líderes da União Europeia nesta quinta-feira em Bruxelas. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host