UOL Notícias Notícias
 

24/03/2010 - 10h21

Bovespa abre em baixa em meio a dúvidas na Europa

São Paulo - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu o dia em baixa, em meio a um quadro negativo no exterior. Além da indefinição sobre um plano de ajuda à Grécia, a notícia de que a classificação de risco de Portugal foi rebaixada aumentou o sentimento de aversão ao risco. Às 10h17 (de Brasília), o índice Bovespa (Ibovespa) recuava 0,71%, para 68.897 pontos.

Hoje, o euro está sob forte pressão, na faixa de US$ 1,33, derrubando as commodities (matérias-primas) e conduzindo as Bolsas para o vermelho. O setor financeiro liderava as perdas nas principais praças da Europa. Mais cedo, o Banco Santander registrava baixa 3% em Madri. Na Bovespa, o setor bancário, que ontem teve um desempenho ruim, pode ser influenciado hoje pelo aumento das preocupações no exterior com a crise fiscal de alguns países europeus.

"Hoje, a menos que tivesse um fluxo tão bom para a Vale como ocorreu ontem, não há razão para a Bolsa subir", diz um operador. Assim, não será surpresa se a Vale devolver parte dos ganhos da véspera, quando o mercado se animou com informações de um reajuste de 114% no preço do minério de ferro e reforçou as compras dos papéis da mineradora.

O que pode trazer alívio ao mercado hoje são os indicadores econômicos norte-americanos: vendas de imóveis novos e encomendas de bens duráveis, ambos de fevereiro. Além disso, saem nos EUA os estoques semanais de petróleo e derivados.

O mercado deve prestar atenção ainda ao desempenho da incorporadora Gafisa, cuja oferta de ações movimentou R$ 1,062 bilhão. O preço por ação foi de R$ 12,50, o equivalente a um desconto de 0,4% em relação ao preço da ação no fechamento de ontem da Bovespa (R$ 12,55).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,40
    3,181
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    2,01
    70.011,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host