UOL Notícias Notícias
 

24/03/2010 - 10h07

Dólar comercial abre em alta de 0,45%, a R$ 1,785

São Paulo - O dólar comercial abriu o dia em alta de 0,45%, negociado a R$ 1,785 no mercado interbancário de câmbio. No pregão de ontem, a moeda norte-americana fechou em queda de 1,28%, cotada a R$ 1,777. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o dólar com liquidação à vista abriu as negociações em alta de 0,25%, a R$ 1,785.

Hoje, Portugal desvia parte das atenções que estavam voltadas para a Grécia e adiciona mais pessimismo às avaliações sobre o futuro da Europa. O país teve sua classificação de risco rebaixada pela Fitch e ajuda a afundar ainda mais o já enfraquecido euro. Nem mesmo os dados macroeconômicos positivos em outras nações importantes do grupo, como a Alemanha, conseguem reduzir o pessimismo.

A agência de classificação de risco Fitch rebaixou a nota de Portugal para AA-, com perspectiva negativa. Para a agência, a expectativa de recuperação econômica do país é mais fraca do que em outras nações do bloco. Em resposta à decisão da Fitch, o Ministério de Finanças português divulgou nota incentivando a união política em torno da implantação do Programa de Estabilidade e Crescimento, que será discutido amanhã na Assembleia. Na avaliação do ministro Fernando Teixeira dos Santos, o programa deve ser capaz de reduzir o déficit do país dos atuais 9,8% do Produto Interno Bruto (PIB) para 2,8% em 2013.

Nas mesas de operações, desde o início da manhã de ontem percebe-se um movimento forte de venda de dólares, que foi atribuído a diversas empresas, entre elas Petrobras, OSX e Vale. Hoje, isso pode se repetir. "O dólar vai subir, mas com cautela, porque o fluxo pode chegar a qualquer momento", resume um operador.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host