UOL Notícias Notícias
 

31/03/2010 - 10h25

Bovespa abre em baixa com dados de emprego nos EUA

São Paulo - O corte inesperado de vagas no setor privado norte-americano em março, divulgado hoje pela Automatic Data Processing/Macroeconomic Advisers (ADP/MA), imprime um viés de cautela aos negócios na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Às 10h21 (de Brasília), o índice Bovespa (Ibovespa) recuava 0,50%, para 69.610 pontos.

A pesquisa ADP mostrou o corte de 23 mil vagas no setor privado em março, ante previsão de abertura de 50 mil postos de trabalho. O dado traz uma sinalização ruim para o payroll (relatório de emprego dos EUA) que sai na sexta-feira. Analistas ponderam que, por outro lado, o número fraco de hoje indica que o juro deve permanecer baixo por um período mais longo, o que poderia ser bom para as Bolsas.

O que pode limitar uma queda maior da Bovespa hoje são as ações da Vale, não apenas por causa da evolução favorável das negociações em torno do preço do minério de ferro, mas também devido à alta do níquel em Londres. O metal aproximou-se de seu maior preço desde meados de 2008, beneficiando-se de uma onda de compras e da recomposição de estoques pelas usinas de aço inoxidável.

A movimentação no Brasil, com mudanças na diretoria do Banco Central (BC), é acompanhada pelos investidores da Bovespa, mas não tem potencial para influenciar os negócios. O diretor de Política Econômica do BC, Mário Mesquita, deixa o cargo por motivos pessoais e será substituído pelo atual diretor de Assuntos Internacionais, Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo. Já a diretoria de Assuntos Internacionais será assumida por Luiz Awazu Pereira da Silva. O mercado também aguarda para hoje a decisão do presidente do BC, Henrique Meirelles, sobre sua permanência à frente da instituição.

Na Bovespa, as atenções se voltam para as ações de Eletrobras e TAM, que divulgaram balanços. A Eletrobras anunciou ontem à noite lucro líquido de R$ 1,706 bilhão no quarto trimestre de 2009, uma queda de 43,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. No acumulado do ano, o lucro foi de apenas R$ 170,5 milhões, 97,2% inferior ao registrado em 2008. Já a TAM saiu do prejuízo de R$ 1,229 bilhão para um lucro de R$ 143,9 milhões no quarto trimestre de 2009.

As ações da OGX também podem repercutir as declarações do presidente da empresa, Eike Batista, de que a companhia vai começar a produção de petróleo no primeiro trimestre de 2011 e encerrar o ano com produção média de 20 mil barril por dia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host