UOL Notícias Notícias
 

31/03/2010 - 11h11

Eletrobras mantém política de distribuição de dividendos

São Paulo - A Eletrobras divulgou hoje um comunicado informando que o Conselho de Administração da estatal não aprovou a isonomia entre as ações ordinárias e preferenciais na distribuição de dividendos, mantendo a atual política. Para o exercício de 2009, a empresa propôs distribuir R$ 741,5 milhões em dividendos, dos quais R$ 370,755 milhões para os papéis ON, R$ 319 mil para os PNA e R$ 370,435 milhões para os PNB. O valor total supera o lucro líquido de 2009, que foi de R$ 170,5 milhões.

A companhia disse ainda que os R$ 370,755 milhões para as ações ON serão distribuídos para 80% do capital, enquanto os R$ 370,754 milhões das PN serão distribuídos para 20% do capital. Com isso, a Eletrobras conclui que não há nenhuma isonomia entre as ações, negando reportagem publicada hoje pelo jornal Valor Econômico. A remuneração por ação é de R$ 0,41/ON, R$ 2,17/PNA e R$ 1,63/PNB. A proposta do conselho será deliberada em assembleia dos acionistas marcada para o dia 30 de abril.

A estatal também informou que a distribuição de dividendos em volume superior ao lucro líquido de 2009 "se deve ao fato do resultado daquele exercício estar fortemente influenciado pela variação cambial, que não afeta na mesma proporção o fluxo de caixa da empresa". O estatuto da Eletrobras estabelece como dividendo mínimo obrigatório 25% do lucro líquido, respeitada a remuneração mínima das ações PNA e PNB de, respectivamente, 8% e 6% do capital social.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host