UOL Notícias Notícias
 

05/04/2010 - 18h54

Bolsas de Nova York fecham em alta na volta do feriado

Nova York - Os principais índices do mercado de ações dos EUA fecharam em alta, reagindo com atraso aos dados sobre o mercado de trabalho do país, divulgados na sexta-feira, e aos indicadores positivos sobre a atividade do setor de serviços e as vendas de residências, publicados hoje.

Mais cedo, a Associação Nacional dos Corretores de Imóveis (NAR, na sigla em inglês) divulgou que seu índice de vendas pendentes de moradias subiu 8,2% em fevereiro, para 97,6, contrariando as projeções de economistas consultados pela Dow Jones, que esperavam declínio de 0,5%. Além disso, o índice de atividade no setor de serviços do Instituto para Gestão de Oferta (ISM) subiu para 55,4 em março, de 53 em fevereiro, superando a previsão do mercado, de alta para 53,5.

Na sexta-feira, quando as Bolsas norte-americanas estavam fechadas devido ao feriado da Sexta-Feira Santa, dados do Departamento de Trabalho dos EUA mostraram um crescimento líquido de 162 mil vagas de trabalho no país em março. Embora tenha sido inferior ao ganho de 200 mil vagas projetado pelos analistas, o aumento foi o maior desde março de 2007.

"O número sobre emprego ajudou, certamente", disse Kelli Hill, gerente de carteiras de investimento da Ashfield Capital Partners. "Agora que os empregos estabilizaram e começaram a sinalizar crescimento, as pessoas estão mais entusiasmadas."

Segundo ela, o fato de os indicadores estarem caminhando em direção à sustentabilidade em vez de para a estabilidade "é o que dá força aos mercados de ações". Para Hill, houve diversas situações de volatilidade em alguns dos principais dados econômicos - como os índices do ISM -, "mas agora eles estão se estabilizando e não caem mais, mostrando uma melhora real".

O Dow Jones subiu 46,48 pontos, ou 0,43%, para 10.973,55 pontos - maior nível de fechamento desde 26 de setembro de 2008 -, com máxima de 10.988,06 pontos ao longo da sessão. Entre os componentes do índice, o ganho mais acentuado foi o das ações da American Express (+2,33%), seguido pelo da Caterpillar (+1,56%). A Chevron encerrou em alta de 1,26%, impulsionada pelo avanço do preço do petróleo para além de US$ 86 por barril.

O Nasdaq ganhou 26,95 pontos, ou 1,12%, para 2.429,53 pontos - maior fechamento desde 15 de agosto de 2008 -, enquanto o S&P 500 subiu 9,33 pontos, ou 0,79%, para 1.187,43 pontos - fechamento mais alto desde 26 de setembro de 2008. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h29

    -0,56
    3,127
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h31

    -0,07
    75.554,00
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host