UOL Notícias Notícias
 

06/04/2010 - 06h41

Empresária é solta de cativeiro após 8 dias de sequestro

São Paulo - Uma empresária de 45 anos, que atua no ramo da sucata, foi libertada pelos seus próprios sequestradores, por volta das 3 horas desta terça-feira, 6, em uma região de mata, no município de Embu-Guaçu, na Grande São Paulo, após ficar por 8 dias em poder da quadrilha.

Policiais militares da 2ª Companhia do 25º Batalhão, em patrulhamento pela Rodovia José Simões Louro Júnior (SP-214), que liga o bairro de Campo Limpo, na zona sul de São Paulo, à cidade de Embu-Guaçu, foram parados pela mulher, que já tentava fazer uma ligação em um orelhão, 30 minutos após ser liberada pelos bandidos.

Ela disse que foi deixada pelos criminosos em uma região de mata e que andou até a rodovia. A empresária, em depoimento no Distrito Policial de Embu-Guaçu, afirmou ao delegado que eram 17 horas do último dia 29 quando saía de sua empresa, na Freguesia do Ó, zona norte de São Paulo, e foi dominada pelos criminosos.

Depois de ter os olhos vendados, foi colocada em um veículo e levada até o cativeiro. Aparentemente sem ferimentos, a empresária disse aos policiais que foi alimentada pelos criminosos e que não foi molestada. A vítima acredita que a família dela tenha pago um eventual valor de resgate exigido pelos criminosos.

O caso agora será investigado pela Delegacia Antissequestro (DAS) da capital. Até o momento nenhum suspeito foi detido. A empresária acredita que pelo menos quatro bandidos participaram do sequestro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h39

    0,66
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h40

    -0,70
    68.112,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host