UOL Notícias Notícias
 

06/04/2010 - 18h34

Wall Street fecha perto da estabilidade após ata do Fed

Nova York - Os principais índices do mercado de ações dos EUA fecharam em alta, em sua maioria, mas perto da estabilidade, sustentados pelos indicadores positivos divulgados recentemente e pela maior confiança das autoridades do Federal Reserve (Fed, banco central americano) na recuperação econômica do país.

O Dow Jones caiu 3,56 pontos, ou 0,03%, para 10.969,99 pontos, registrando seu sexto declínio em 27 sessões. A Travelers teve o pior desempenho entre os componentes do índice, recuando 1,39% após ter sua recomendação rebaixada de "comprar" para "vender" pela consultoria Sandler O'Neill. Já a Verizon Communications caiu 0,83% após o executivo-chefe da empresa, Ivan Seidenberg, dizer que está preocupado com a possibilidade de uma proposta do governo norte-americano para expandir o acesso à banda larga resultar em excessos regulatórios.

Os componentes financeiros do Dow Jones evitaram que o índice registrasse perdas mais acentuadas. O Bank of America subiu 2% e o JPMorgan Chase avançou 1,10%.

Entre os demais índices, o Nasdaq Composite ganhou 7,28 pontos, ou 0,30%, para 2.436,81 pontos - maior nível de fechamento desde 15 de agosto de 2008. O S&P 500 subiu 1,99 ponto, ou 0,17%, para 1.189,44 pontos - fechamento mais alto desde 26 de setembro de 2008 -, tendo seu avanço limitado pelos componentes do segmento de telecomunicações.

O Federal Reserve divulgou durante o pregão a ata da reunião de política monetária realizada em 16 de março. O documento mostrou que as autoridades estão um pouco mais confiantes na recuperação da economia norte-americana, embora ainda relutem em elevar as taxas de juro.

"O Fed acredita que as coisas estão melhorando um pouco, mas o teste decisivo para determinar se esta recuperação é sustentável estará no mercado de trabalho", que por enquanto está crescendo vagarosamente, disse Anthony Chan, economista-chefe do JPMorgan Chase Private Wealth Management.

Para Jim Meyer, executivo-chefe de investimentos da Tower Bridge Advisors, "o Fed tentou deixar claro que o primeiro passo para reverter o afrouxamento quantitativo não será elevar os juros, mas sim escoar o balanço e talvez vender ativos no mercado". Segundo ele, "os investidores sentem que estamos entrando na melhor fase de uma recuperação econômica saudável. É possível verificar isso na persistência das ações em subir". As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,56
    3,261
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    1,28
    73.437,28
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host