UOL Notícias Notícias
 

13/04/2010 - 08h01

Número de latrocínios cai 29,6% no 1º trimestre em SP

São Paulo - O número de casos de latrocínio (roubo seguido de morte) na capital paulista caiu 29,6% no primeiro trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. A melhora no mais grave dos chamados crimes contra o patrimônio ocorre ao mesmo tempo em que os roubos em geral e os de veículos experimentaram a maior queda desde 2008 na metrópole. Esses mesmos delitos haviam batido recordes históricos de alta em 2009.

O que teria provocado essa queda repentina? Duas são as principais hipóteses com as quais a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo e a polícia trabalham. A primeira é o fim da crise econômica. Quando viu explodir os índices de roubos em 2009, a Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP), da secretaria, encontrou na crise econômica o principal responsável pelo fenômeno.

Segundo essa análise, a oscilação da criminalidade refletiria os ciclos econômicos - com a recessão, as estatísticas criminais pioram rapidamente, mas demoram mais do que a economia para se recuperar. Outro fator que influiu na queda seria o fato de o governo ter elegido em março de 2009 o combate aos crimes contra o patrimônio como prioridade.

Para a polícia, a diminuição dos latrocínios está intimamente ligada à queda dos outros crimes contra o patrimônio. "Partindo do pressuposto de que o ladrão tem a intenção de roubar e não de matar, é natural que a diminuição dos casos de roubos leve, consequentemente, a uma queda do total de roubos seguidos de morte", afirmou um delegado ouvido pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Os dados publicados pela reportagem têm como base o registro das ocorrências. Um ou outro ajuste no índice final pode ocorrer, por exemplo, pelo preenchimento errado de algum boletim. Os erros são de no máximo 5%. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host