UOL Notícias Notícias
 

15/04/2010 - 18h35

Bolsas de NY sobem com dados sobre atividade industrial

Nova York - Os índices do mercado de ações dos EUA fecharam em leve alta, impulsionados por dados que mostraram um aquecimento na atividade industrial do país e pelos fortes resultados financeiros da United Parcel Service (UPS). O avanço das bolsas, no entanto, foi limitado por um aumento inesperado no número de norte-americanos que solicitaram auxílio-desemprego recentemente.

"O avanço lento e firme continua", disse Andrew Fitzpatrick, diretor de investimentos da Hinsdale Associates. "Em geral, o sentimento continua e as pessoas estão gradualmente começando a voltar para as ações. Elas estão menos temerosas conforme enxergam mais sinais de recuperação", acrescentou.

Mais cedo, o Federal Reserve de Nova York divulgou que o índice de atividade industrial regional Empire State subiu para 31,86 em abril, de 22,86 em março, superando também a expectativa dos economistas, que previam melhora para 23,75. O dado, aliado a uma leitura melhor que a prevista em um indicador de atividade econômica do Fed da Filadélfia, ajudou as bolsas a subir.

O avanço, no entanto, foi limitado por um relatório do Departamento de Trabalho dos EUA segundo o qual o número de trabalhadores norte-americanos que entraram pela primeira vez com pedido de auxílio-desemprego subiu 24 mil na semana até 10 de abril. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperavam queda de 15 mil pedidos.

O Dow Jones fechou em alta de 21,46 pontos, ou 0,19%, a 11.144,57 pontos, com avanços significativos entre os componentes do segmento industrial, como Caterpillar (+1,40%) e 3M (+0,72%). A Hewlett-Packard, no entanto, contribuiu para limitar a alta do índice, recuando 0,53% após uma reportagem do Wall Street Journal afirmar, citando fontes próximas ao assunto, que a empresa está sendo investigada por um suposto suborno.

O Nasdaq avançou 10,83 pontos, ou 0,43%, para 2.515,69 pontos, enquanto o S&P 500 fechou em alta de 1,02 ponto, ou 0,08%, a 1.211,67 pontos. O Dow Jones fechou no maior nível desde 19 de setembro de 2008; o Nasdaq no patamar mais alto desde 5 de junho de 2008 e o S&P 500 no maior nível desde 26 de setembro de 2008.

As ações da UPS subiram 5,26% após a companhia anunciar na quarta-feira que seu lucro ajustado do primeiro trimestre cresceu 37% em relação a igual período do ano passado, acompanhado por um aumento de 7% na receita. Nos dois casos, os números vieram acima das projeções do mercado. Os investidores geralmente utilizam os resultados financeiros de empresas ligadas ao setor de logística como um termômetro da demanda por bens na economia.

Os papéis do Google fecharam em alta de 1,07%, mas caíam 4,82% no after market. A companhia anunciou, após o encerramento do pregão, que seu lucro líquido no primeiro trimestre subiu 37% - mais que o esperado - em relação a igual período de 2009, diante de um crescimento acelerado da receita de publicidade.

Na sexta-feira, a General Electric (GE) e o Bank of America - ambos componentes do índice Dow Jones - apresentarão seus respectivos balanços do primeiro trimestre. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,02
    3,178
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,90
    67.976,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host