UOL Notícias Notícias
 

17/04/2010 - 08h29

Estados não atingem meta de vacinação

São Paulo - Relatório sobre a cobertura vacinal contra a gripe suína no Brasil aponta grandes diferenças entre os resultados dos Estados e do País. Os dados do sistema do Ministério da Saúde, colhidos até o início da noite de ontem, mostram que, apesar de o País já ter cumprido a meta de vacinar 80% da população de crianças de 6 meses a 23 meses e 29 dias, na Região Norte o índice é de apenas 65,7%. No Acre, apenas 50,7% das crianças visadas já foram atendidas. A região foi a mais afetada pela gripe no ano.

Além de atraso da vacinação do grupo, outro fator que pode explicar o resultado são problemas na digitação de dados sobre as coberturas vacinais. Entre trabalhadores da saúde, população em que a meta foi atingida no País, também há diferenças nos Estados. No Mato Grosso, a cobertura é de 66%.

O Paraná, que reivindica a vacinação de toda a população, e não só de grupos prioritários, já vacinou mais do que o previsto em grupos cuja imunização ainda não acabou. No caso de doentes crônicos a cobertura já chega a 104%. O secretário estadual da Saúde, Carlos Moreira Júnior, nega que a vacinação esteja ocorrendo fora das regras. "É uma população difícil de estimar".

A Prefeitura de São Paulo esclareceu que os dois postos onde faltaram vacinas por excesso de demanda já estão reabastecidos. Outros 40 postos consultados pela reportagem tinham a vacina. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host