UOL Notícias Notícias
 

22/04/2010 - 18h44

Bolsas de NY avançam com dado de imóveis e balanços

Nova York - Os principais índices do mercado de ações dos EUA fecharam em alta, puxados por dados que mostraram um aumento maior que o esperado nas vendas de imóveis residenciais do país e pelos resultados financeiros das redes Starbucks e Marriot, que também surpreenderam positivamente os investidores.

Os ganhos, no entanto, foram limitados pelo receio dos investidores com a situação fiscal da Grécia após a agência de classificação de crédito Moody's rebaixar o rating da dívida grega, argumentando que a decisão foi baseada na perspectiva de risco significativo de estabilização dessa dívida em um patamar mais caro do que o inicialmente previsto.

Na manhã de hoje, a agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat, divulgou que o déficit orçamentário da Grécia em 2009 atingiu 13,6% do Produto Interno Bruto (PIB) e pode ser revisado para um número ainda mais alto, reduzindo ainda mais as minguadas esperanças de que o país contornará seus problemas fiscais sem recorrer a um pacote de auxílio elaborado por seus pares europeus e pelo Fundo Monetário Internacional.

"O que está realmente pesando sobre o mercado agora são as notícias da Grécia", disse Bob Browne, executivo-chefe de investimentos do Northern Trust Global Investments. "Infelizmente, os bônus gregos no momento estão na terra de ninguém. Eles são muito voláteis para as carteiras de grau de investimento e ainda não compensam o suficiente para aqueles que procuram altos rendimentos."

No entanto, segundo Browne, "a boa notícia é que os EUA continuam encontrando suporte. Toda onda de vendas foi rapidamente detida por compradores. Recentemente aumentamos nossa recomendação para o mercado de ações porque acreditamos que há mais espaço para o risco, levando em consideração o impulso do mercado e os fundamentos econômicos."

O Dow Jones subiu 9,37 pontos, ou 0,08%, para 11.134,29 pontos. Na mínima do dia, caiu a 11.016,40 pontos. A Boeing teve o melhor desempenho entre os componentes do índice, avançando 1,93% após o Credit Suisse elevar a recomendação dos papéis da companhia de "neutra" para "acima da média".

A Home Depot também fechou em alta, de 1,28%, particularmente impulsionada por dados da Associação Nacional dos Corretores de Imóveis (NAR, na sigla em inglês) que mostraram um aumento de 6,8% nas vendas de imóveis residenciais usados no país em março. Analistas ouvidos pela Dow Jones esperavam crescimento de 3,8%.

A Verizon contribuiu para limitar o avanço do Dow Jones, caindo 0,95% após anunciar que seu lucro do primeiro trimestre encolheu 29% em relação a igual período do ano passado, pressionado por custos ligados à reforma do sistema de saúde dos EUA.

Entre outros componentes do índice, a American Express subiu 1,70% e a Microsoft ganhou 0,16%. Depois do fechamento das bolsas, a American Express anunciou que seu lucro do primeiro trimestre dobrou em relação a igual período de 2009, enquanto a Microsoft divulgou um crescimento de 35% no lucro de seu terceiro trimestre fiscal.

O Nasdaq avançou 14,46 pontos, ou 0,58%, para 2.519,07 pontos - maior nível de fechamento desde 5 de junho de 2008. O S&P 500 ganhou 2,74 pontos, ou 0,23%, para 1.208,67 pontos, puxado pelos componentes ligados ao setor de consumo, que foram favorecidos pelos resultados financeiros da Starbucks e da rede de hotéis Marriott International.

As ações da Starbucks fecharam em alta de 7,33% após a empresa anunciar nos primeiros meses do ano, o tráfego em suas lojas aumentou pela primeira vez em 13 trimestres, o que contribuiu para um crescimento de 7% nas vendas de unidades abertas há um ano ou mais. Já a Marriot International subiu 6,20% após divulgar um lucro de US$ 83 milhões para o primeiro trimestre, de um prejuízo US$ 23 milhões no mesmo período do ano passado, e destacar mais sinais de estabilização no mercado de turismo. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host