UOL Notícias Notícias
 

27/04/2010 - 08h58

Chuva provoca estragos em 41 cidades do Paraná

São Paulo - As chuvas e os vendavais que atingiram a região Sul do País nos últimos dias afetaram pelo menos 41 cidades do Paraná. Seis delas ainda registram moradores desalojados e desabrigados, segundo a Defesa Civil do Estado. Nenhuma cidade teve homologado o decreto de situação de emergência, mas pelo menos duas - Pinhais e Francisco Beltrão - ainda podem decretar a situação por conta dos estragos. As buscas a uma pessoa que desapareceu na sexta-feira, levada pela correnteza do Rio Atuba, em Pinhais, continuam nesta terça-feira, segundo a Defesa Civil.

Cerca de 240 mil pessoas foram afetadas em todo o Estado. Deste total, ainda permanecem desalojadas 378 pessoas e 543 estão desabrigados, totalizando a quantidade de 13.979 pessoas afetadas. Segundo levantamento da Defesa Civil, 3.679 pessoas foram afetadas em Curitiba, deixando 35 pessoas desabrigadas. Em Francisco Beltrão, 3.500 foram afetados e 500 pessoas estão desabrigadas. Em Colombo, 1.440 casas foram atingidas, 5.300 pessoas foram afetadas, com oito desabrigados e 250 desalojados.

Rodovia e donativos

O tráfego segue em meia pista na PR-438, na altura do km 24, no trecho entre Teixeira Soares e Guaragi, na região de Irati, por conta de queda de barreiras. Os trabalhos para o restabelecimento da pista estão sendo realizados pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER). Na mesma região, a PR-153, no km 319, o trecho que liga os municípios de Irati e Imbituva, está completamente interditado devido ao asfalto ter cedido.

As Coordenadorias Municipais de Defesa Civil de Pinhais e Colombo estão aceitando donativos, que podem ser efetuados no Terminal Metropolitano e na Secretaria de Obras (Rua Carlos Drummond de Andrade, 166). Em Colombo, no posto do Corpo de Bombeiros (Rua Felícia Kanya, 797).

Previsão do tempo

A chuva já diminuiu na região Sul do País, com a frente fria se dirigindo para o Sudeste do país. O sol aparece ao longo do dia em todo o Sul, junto de algumas nuvens, mas ainda há chance de chuva sobre o vale do Itajaí, no litoral norte de Santa Catarina, na Grande Curitiba, no nordeste e no litoral do Paraná.

Segundo a Climatempo, apesar da melhora das condições do tempo, ainda há risco de deslizamento e de enchentes no Paraná e em Santa Catarina, por conta do grande volume de chuva acumulado desde a semana passada, com os solos ainda encharcados.

As temperaturas diminuíram consideravelmente na região Sul do País entre ontem e hoje, por conta do ar frio polar que atingiu Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, segundo a Climatempo.

Os menores registros ficaram perto dos 5ºC e ocorreram na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai. Em Bagé, fez 5,4ºC, pela medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A região de Santana do Livramento amanheceu com frio em torno de 8ºC. Porto Alegre amanheceu com 15ºC. Em Florianópolis, a temperatura às 6 horas desta terça era de 19ºC e, em Chapecó, de 13ºC. Na serra catarinense, em São Joaquim, a terça-feira amanheceu com 10ºC. Em Caçador, a temperatura mínima foi de 12,1ºC.

A queda da temperaturas ocorreu também no Paraná. O Inmet registrou 11,6ºC em Inácio Martins e 11,9ºC em Ivaí. A região de Curitiba amanheceu com temperatura em torno dos 14ºC.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h00

    -0,48
    3,260
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h09

    1,54
    62.620,87
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host