UOL Notícias Notícias
 

27/04/2010 - 19h55

Perueiros de SP suspendem greve

Em São Paulo

Os perueiros da capital paulista resolveram na tarde de hoje suspender a greve geral marcada para amanhã. Os motoristas de micro-ônibus apresentaram uma planilha de custos à Secretaria Municipal de Transportes e marcaram outra reunião para decidir sobre a paralisação na próxima segunda-feira.

A categoria pleiteia reajuste de 12% no valor repassado pela São Paulo Transporte (SPTrans) para custeio do sistema. A secretaria havia oferecido um aumento de 2%, o que fez com que os perueiros anunciassem a greve.

Atualmente, segundo a categoria, os micro-ônibus recebem cerca de R$ 1,20 cada vez que o bilhete único é usado nas lotações. Esses veículos correspondem a cerca de 40% da frota de transporte municipal.

Judiciário
Está mantida a paralisação das atividades dos servidores do Judiciário de São Paulo, que entrarão em greve por tempo indeterminado a partir de amanhã. De acordo com o presidente do Sindicato União dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de São Paulo, Wagner José de Souza, a categoria tem 42 mil funcionários na ativa e 9 mil aposentados.

A meta é que a paralisação atinja ao menos 15 mil servidores, ou 35% dos empregados ativos. Eles reivindicam 20,16% de reposição de perdas salariais, melhores condições de trabalho e contratação de funcionários. A última greve por tempo indeterminado dos servidores da Justiça do Estado ocorreu em 2004, quando cruzaram os braços por 91 dias.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host