UOL Notícias Notícias
 

28/04/2010 - 07h03

Problemas na Europa afetam Bolsas asiáticas

Tóquio - Embora em menor escala, as Bolsas da Ásia seguiram o desempenho negativo dos mercados europeu e norte-americano. A maioria dos pregões da região sofreu com a crise de débito de Grécia e Portugal. O fator imobiliário chinês também influenciou os investidores.

A Bolsa de Hong Kong fechou abaixo do importante patamar psicológico dos 21 mil pontos, derrubada pelas ações do peso pesado HSBC. O índice Hang Seng caiu 312,39 pontos, ou 1,5%, e terminou aos 20.949,40 pontos.

As Bolsas da China estenderam as perdas, novamente ao menor nível em sete meses, com as contínuas preocupações de que o governo irá adotar novas medidas para controlar preços no mercado imobiliário. O índice Xangai Composto caiu 0,3% e encerrou aos 2.900,33 pontos, o pior fechamento desde 12 de outubro. O índice Shenzhen Composto perdeu 0,6% e terminou aos 1.161,55 pontos.

O yuan teve alta ante o dólar, ao final da sessão, por conta de que as contínuas expectativas de que a moeda chinesa será valorizada nos próximos meses mais do que compensaram o fortalecimento da divisa americana nos mercados internacionais. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8253 yuans, de 6,8258 yuans do fechamento de terça-feira.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, também sofreu. O índice Taiwan Weighted caiu 0,8% e fechou aos 8.081,55 pontos.

Na Coreia, do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul baixou 0,9% e encerrou aos 1.733,91 pontos.

A Bolsa de Sydney, na Austrália, teve o quarto dia consecutivo de baixa e atingiu a mínima de seis semanas. O índice S&P/ASX 200 perdeu 1,2% e fechou aos 4.822,8 pontos.

O índice PSE da Bolsa de Manila, nas Filipinas, teve queda de 0,7% e fechou aos 3.284,78 pontos.

A Bolsa de Cingapura teve baixa, também na onda dos demais mercados por conta dos problemas de dívidas na Europa. O índice Straits Times cedeu 2% e fechou aos 2.932,04 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, caiu 1,2% e fechou aos 2.903,32 pontos, seguindo as quedas nos demais mercados asiáticos em meio a preocupações sobre os problemas de dívidas da Grécia.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, perdeu 1,6% e fechou aos 749,49 pontos, com o movimento de vendas acelerando depois de confrontos entre militares e manifestantes antigoverno na capital; há informações de baixas no Exército.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, recuou 0,5% e fechou aos 1.333,17 pontos, menor nível em sete dias, dada a ausência de notícias que estimulem os negócios. As informações são da Dow Jones

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,84
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,35
    68.594,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host