UOL Notícias Notícias
 

05/05/2010 - 16h34

Quadrilha é presa por sequestro falso e extorsão em SP

Ribeirão Preto, SP - Quatro pessoas (três homens e uma mulher) foram presos em Guariba, na região de Ribeirão Preto (SP), e vão responder processos por três crimes: extorsão qualificada, roubo qualificado consumado e formação de quadrilha. A quadrilha simulou o sequestro e o pagamento de resgate do comerciante José Roberto da Silva, em meados de março.

Depois, Danilo Brito Costa, um dos integrantes, que era amigo dele, passou a tentar extorqui-lo. O primeiro crime, na verdade, era uma farsa para a extorsão posterior. A Polícia Civil ainda procura três participantes da quadrilha, que fizeram o sequestro a mão armada, na chácara de Silva.

O delegado de Guariba, Izildo Aparecido Beltrame, informou que toda a ação da quadrilha começou no final de fevereiro, quando Costa disse a Silva que um amigo, Rosinei de Souza, tinha R$ 870 mil, de origem ilícita, que teria que ser aplicado. Silva recusou a proposta. Ao mesmo tempo, separado, ele mantinha contato telefônico com Greice de Souza Vicente Guedes, que, em 16 de março, marcou um encontro na chácara do comerciante.

No dia seguinte, à noite, ocorreu o encontro e três homens encapuzados e armados os renderam, pedindo R$ 300 mil de resgate. Silva disse que não tinha o dinheiro, mas o bando o induziu a ligar para um amigo que teria o dinheiro, no caso seria Costa.

Silva contatou Costa e em dez minutos o bando teria recebido o dinheiro do resgate, ainda à noite. O bando ainda levou uísque, perfume, celulares, R$ 400 e um aparelho de GPS da vítima e de Greice. Silva não registrou boletim de ocorrência e no dia seguinte começou a ser cobrado por Costa do suposto empréstimo para quitar o resgate. Oito dias depois o comerciante acionou a polícia, que passou a investigar o caso. Desde então, Costa até ameaçou sequestrar a filha do comerciante.

O delegado pediu e conseguiu da Justiça as prisões temporárias por cinco dias para Costa, Souza, Greice e Paulo Roberto Batista de Oliveira (esse é de Ribeirão Preto). Três prisões ocorreram ontem. Souza já tinha sido preso preventivamente, na sexta-feira, por tráfico de drogas. Ele está no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Serra Azul. Oliveira e Costa estão na Cadeia de Jaboticabal e Greice na Cadeia Feminina de Pradópolis. A polícia tenta localizar os outros três integrantes do bando.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,68
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,44
    64.861,92
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host