UOL Notícias Notícias
 

07/05/2010 - 06h55

Bolsas da Ásia caem preocupadas com crise europeia

Tóquio - Os mercados asiáticos encerraram a semana em queda. Nesta sexta-feira, os investidores continuaram sensíveis ao risco de default da Grécia e de uma crise de confiança generalizada na Europa.

A Bolsa de Hong Kong atingiu o menor nível em dois meses e meio. O índice Hang Seng caiu 213,12 pontos, ou 1,1%, e terminou aos 19.920,29 pontos, o pior fechamento desde 19 de fevereiro - o índice acumulou perdas de 5,6% na semana.

As Bolsas da China voltaram a atingir o pior nível em oito meses, também afetadas pelas preocupações sobre medidas de aperto no âmbito doméstico. O índice Xangai Composto baixou 1,9% e encerrou aos 2.688,38 pontos, a menor pontuação desde 1 de setembro. O índice Shenzhen Composto perdeu 2,2% e terminou aos 1.064,17 pontos - o índice baixou 6,35% na semana.

O yuan continuou estável em relação ao dólar, novamente por conta da pouca variação na taxa de paridade central dólar-yuan. No mercado de balcão, às 4h30 (horário de Brasília), a cotação de compra e venda do dólar era de 6,8266 yuans, sem variação sobre o fechamento de quinta-feira.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé apresentou a nona sessão seguida de baixa. O índice Taiwan Weighted caiu 0,2% e fechou aos 7.567,10 pontos, o pior fechamento desde 26 de fevereiro.

Na Coreia do Sul, o volume de vendas líquidas de ações por parte dos investidores estrangeiros na Bolsa de Seul foi recorde. O índice Kospi caiu 2,2% e fechou aos 1.647,50 pontos, o menor nível desde 5 de março.

A Bolsa de Sydney, na Austrália, sofreu sua maior queda semanal em 17 meses. O índice S&P/ASX 200 recuou 2% e terminou aos 4.480,7 pontos. A procura por pechinchas acabou sustentando o mercado local bem acima de suas mínimas.

Nas Filipinas, o índice PSE da Bolsa de Manila cedeu 0,8% e terminou aos 3.142,06 pontos.

O índice Straits Times da Bolsa de Cingapura cedeu 0,79% e fechou aos 2.817,21 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, teve baixa de 2,54% e fechou aos 2.739,33 pontos. Aversão ao risco foi alimentada pela crise da dívida na Europa e preocupações de que a rupia cairá mais inspirando investidores a realizarem lucros.

Às 6h25 (de Brasília), o índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, caía 2,38% e estava aos 766,59 pontos, com preocupações com a situação da dívida da Grécia e outros países da Europa

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,1% e fechou aos 1.332,89 pontos, com procuras por ofertas por fundos locais ajudando a reverter as perdas iniciais. As informações são da Dow Jones

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h09

    -0,34
    3,255
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h15

    1,93
    63.869,05
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host