UOL Notícias Notícias
 

11/05/2010 - 18h46

IML confirma morte de bebê em Ibiúna-SP após suspeita

Sorocaba, SP - O bebê que teria sido supostamente liberado vivo para a funerária, em Ibiúna (SP), morreu por afogamento por leite, segundo laudo do Instituto Médico Legal (IML) divulgado pela Secretaria de Saúde do município. No dia 5 de abril deste ano, quando ocorreu o óbito, uma pessoa ouviu o que parecia o choro de uma criança no carro da funerária. Os pais do bebê, Anderson Antonio Silva e Denilsa Rodrigues Borba, e uma tia, Denilsa Rodrigues de Borba, que teria ouvido o choro, exigiram que o caixão fosse aberto e levado de volta ao Hospital Municipal.

Diante do ocorrido e dos depoimentos da família, a Delegacia de Polícia de Ibiúna abriu o caso como "morte suspeita" e solicitou laudo do IML de Sorocaba, cidade vizinha, para verificar a causa morte da criança. No último dia 4, a polícia entregou cópia do laudo de exame necroscópico à prefeitura. Nele consta que a morte foi por "afogamento por aspiração de substância com aspecto de leite materno".

O diretor clínico do hospital, Attílio Dal Fabbro Neto, explica que algumas das mortes ocorridas em crianças de zero a quatro meses são por afogamento por leite. O bebê dorme de barriga para cima e, no momento que vai regurgitar, pode ocorrer a aspiração do líquido (broncoaspiração), bloqueando as vias aéreas e causando o afogamento.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host