UOL Notícias Notícias
 
18/05/2010 - 16h32 / Atualizada 18/05/2010 - 16h58

Meninas são achadas em casa de prostituição em SP

Ribeirão Preto, SP - A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, está investigando uma possível casa de prostituição, onde foram encontradas duas adolescentes na noite de ontem, no bairro Jardim Salgado Filho 1. As jovens, de 14 e 16 anos, que informaram à polícia que eram primas e de Minas Gerais, foram encaminhadas ao Conselho Tutelar e de lá para uma casa de abrigo.

O Juizado da Infância e da Juventude deverá intimar os familiares para esclarecimentos. A dona da casa, Marlene da Silva Ferrari Serafim, de 51 anos, disse que alugava a casa para travestis e que não sabia o que ocorria lá. Ela será investigada por corrupção de menores, favorecimento à prostituição e por manter casa de prostituição. A denúncia do caso partiu da Secretaria Estadual dos Direitos Humanos da Presidência da República.

Policias civis e militares estiveram na residência e encontraram as duas meninas com cinco travestis, Marlene e outras duas mulheres. Marlene já tem passagem policial por homicídio. Todas as pessoas foram ouvidas no plantão policial e liberadas. O caso será investigado agora pela delegada Maria Beatriz Moura Campos, da DDM.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host