UOL Notícias Notícias
 
19/05/2010 - 19h06 / Atualizada 19/05/2010 - 19h30

Índices de ações recuam em NY com receio sobre lucros

Nova York - Os principais índices do mercado de ações dos Estados Unidos fecharam o dia em queda, refletindo a preocupação dos investidores com a possibilidade de os lucros das empresas norte-americanas serem afetados pela fraqueza do euro. O declínio eliminou os ganhos do S&P 500 acumulados desde o início do ano.

O índice Dow Jones caiu 0,63%, para 10.444,37 pontos. O Nasdaq recuou 0,82%, para 2.298,37 pontos, enquanto o S&P 500 fechou em baixa de 0,51%, a 1.115,05 pontos, passando a acumular declínio de 0,05 ponto em relação ao fechamento de 31 de dezembro do ano passado.

A moeda europeia ontem atingiu US$ 1,221 - o menor valor em relação ao dólar em quatro anos. Hoje, porém, o euro registrou uma leve recuperação e operava perto de US$ 1,24 no horário de fechamento das bolsas norte-americanas. Rumores dão conta que o Banco Central Europeu (BCE) estaria preparando medidas para conter o enfraquecimento da moeda.

"Os mercados estão muito nervosos", disse John Apruzzese, sócio da Evercore Wealth Management. "A fraqueza do euro terá um impacto sobre os lucros futuros", avaliou, acrescentando que "boa parte dos lucros corporativos vem do enfraquecimento do dólar e da tradução disso nos lucros externos".

A Caterpillar teve o pior desempenho entre os componentes do Dow Jones, recuando 2,77%, seguida pela United Technologies (baixa de 1,88%) e pela Microsoft (queda de 1,33%). A Hewlett-Packard fechou em alta de 0,47%, após anunciar que seu lucro do segundo trimestre fiscal cresceu 28% em relação a igual período do ano passado.

Os papéis de bancos subiram, em sua maioria, impulsionados pela expectativa de que o Senado decidiria encerrar o debate sobre o projeto de lei de reforma do sistema financeiro dos EUA. Tiveram alta as ações de Bank of America (aumento de 2,32%), Citigroup (valorização de 2,14%), JPMorgan (alta de 0,97%), Goldman Sachs (aumento de 1,99%) e Morgan Stanley (alta de 1,16%), entre outros.

Na New York Stock Exchange (Nyse), o volume negociado alcançou 1,631 bilhão de ações, de 1,525 bilhão de ações na terça-feira. Na Nasdaq, o volume somou 2,532 bilhões de ações, de 2,367 bilhões de ações ontem; 660 ações subiram e 2.095 caíram. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host