UOL Notícias Notícias
 
20/05/2010 - 17h43 / Atualizada 20/05/2010 - 17h55

No 6º pregão de queda, Bovespa recua 2,51%

São Paulo - O clima ruim no exterior continuou influenciando a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que fechou hoje pelo sexto dia seguido, abaixo dos 59 mil pontos. Alguns indicadores divulgados nos Estados Unidos contribuíram para o movimento.

Ao fim da sessão, o índice Bovespa (Ibovespa) registrou queda de 2,51%, aos 58.192,08 pontos, o menor nível desde os 57.909,95 pontos de 9 de setembro do ano passado. No acumulado das seis sessões de queda, o indicador recuou 10,78%. Em relação à pontuação máxima atingida em 2010, de 71.784,78 pontos no dia 8 de abril, a perda atinge 18,93%.

Na pontuação mínima da sessão de hoje, o Ibovespa atingiu 57.634 pontos (baixa de 3,44%) e, na máxima, 59.684 pontos (queda de 0,01%). Neste mês, o Ibovespa já recuou 13,83% e, no ano, 15,16%. O giro financeiro de hoje totalizou R$ 7,953 bilhões. Os dados são preliminares.

Entre os principais componentes do Ibovespa, Vale ON terminou o dia em baixa de 3,63% e Vale PNA recuou 3,85%. Petrobras ON teve queda de 3,51% e Petrobras PN caiu 3,92%.

No exterior, os investidores seguem preocupados com a crise fiscal dos países da zona do euro e com a fraqueza da moeda do bloco. As bolsas encerraram o dia com fortes baixas, ainda puxadas pelos indicadores ruins divulgados pelos EUA. O número de pedidos semanais de auxílio-desemprego no país cresceu 25 mil, ante previsão de queda de 4 mil. Já o índice dos indicadores antecedentes caiu 0,1% em abril, pela primeira vez desde março de 2009. O índice de ações Dow Jones fechou em queda de 3,60%, o S&P 500 recuou 3,90% e o Nasdaq registrou baixa de 4,11%.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host