UOL Notícias Notícias
 
21/05/2010 - 19h03 / Atualizada 21/05/2010 - 19h53

Bolsas de NY acumulam perdas na semana

Nova York - Os principais índices do mercado de ações dos Estados Unidos fecharam o dia em alta, impulsionados pela aprovação do projeto de lei de reforma regulatória do setor financeiro no Senado e por investidores que retornaram ao mercado. No acumulado da semana, no entanto, as Bolsas de Nova York registraram perdas.

"Tivemos muita pressão de vendas na última semana, mas há preços que tendem a atrair os investidores de volta para o mercado", disse Erick Maronak, executivo-chefe de investimentos da Victory Capital Management. "As coisas que estão afetando a Europa não são pequenas, mas acredito que os investidores estão procurando pechinchas. Eles estão começando a pensar sobre o que disseram há algum tempo, que se houvesse uma queda eles voltariam a comprar."

O índice Dow Jones subiu 1,25%, para 10.193,39 pontos, mas acumulou queda de 4,02% desde a sexta-feira passada - a maior baixa semanal desde a semana encerrada em 7 de maio. O índice agora acumula perda de 2,25% no ano. Entre os demais índices, o Nasdaq Composite subiu 1,14%, para 2.229,04 pontos, recuando 5,02% na semana e 1,77% em 2010. Já o S&P 500 avançou 1,5%, para 1.087,69 pontos. O índice teve queda de 4,23% na semana e de 2,46% no ano.

As ações do JPMorgan e do Bank of America tiveram os melhores desempenhos entre os componentes do Dow Jones, avançando 5,87% e 4,65%, respectivamente. A alta dos bancos ocorreu após o Senado dos EUA aprovar o projeto de lei de reforma regulatória do setor financeiro norte-americano. Embora os senadores ainda precisem alinhar o texto de sua legislação com o de uma proposta semelhante, elaborada pela Câmara dos Representantes, a decisão clareou levemente o horizonte para os investidores.

"Foi um rali de alívio", que tem a ver com o fato de os investidores saberem o que está no projeto de lei, afirmou Maronak, da Victory Capital Management. Ele acrescentou que, apesar de a legislação provavelmente reduzir a lucratividade potencial das instituições financeiras, as ações das empresas "foram tão pressionadas que é preciso questionar se essa perspectiva de lucros foi tão destruída quanto os preços desses papéis estão insinuando".

Na New York Stock Exchange (Nyse), o volume negociado alcançou 2,301 bilhões de ações, de 2,126 bilhões de ações na quinta-feira. Na Nasdaq, o volume somou 3,313 bilhões de ações, de 3,354 bilhões de ações ontem; 1.765 ações subiram e 964 caíram. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h29

    0,18
    3,133
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h35

    -0,27
    75.186,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host