UOL Notícias Notícias
 
25/05/2010 - 07h42 / Atualizada 25/05/2010 - 08h37

Bolsas da Ásia apresentam forte queda; HK cai 3,5%

Tóquio - A queda em Wall Street, as renovadas preocupações sobre a crise de débito europeia e o aumento das tensões entre as Coreias do Sul e do Norte derrubaram os mercados asiáticos nesta terça-feira.

Este foi o caso da Bolsa de Hong Kong, que fechou abaixo do importante nível psicológico dos 19 mil pontos. O índice Hang Seng caiu 682,26 pontos, ou 3,5%, e terminou aos 18.985,50 pontos, no pior fechamento desde 17 de julho de 2009.

Após duas sessões de ganhos, as Bolsas da China sofreram com a possibilidade de novo aperto, depois de o governo informar que descobriu bolhas em fundos especulativos. O índice Xangai Composto baixou 1,9% e encerrou aos 2.622,63 pontos. O índice Shenzhen Composto caiu 1,1% e terminou aos 1.040,09 pontos.

O yuan caiu fortemente ante o dólar, na maior baixa em três meses no mercado à vista interno, por conta da forte demanda pela divisa americana devido a sua forte valorização global ante o euro e à maioria das moedas asiáticas. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8310 yuans, de 6,8283 yuans do fechamento de segunda-feira.

Já a Bolsa de Taipé, em Taiwan, teve o pior fechamento em quase nove meses. O índice Taiwan Weighted perdeu 3,2% e fechou aos 7.086,37 pontos, o menor nível desde 2 de setembro.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul fechou com a menor pontuação desde 8 de fevereiro. O índice Kospi perdeu 2,7% e terminou aos 1.560,83 pontos, depois de mergulhar para uma mínima de seis meses no intraday.

Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney recuou 3% e fechou aos 4.265,3 pontos, o menor nível em mais de nove meses.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, encerrou com o índice PSE em baixa de 2,8%, aos 3.102,59 pontos, a menor pontuação dos últimos três meses.

A Bolsa de Cingapura teve forte baixa, seguindo os mercados regionais, com preocupações sobre a crise fiscal na zona do euro e o crescimento das tensões geopolíticas na península coreana. O índice Straits Times cedeu 2,7% e fechou aos 2.650,61 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, teve baixa de 3,7% e fechou aos 2.514,12 pontos, pressionada pela desvalorização da rupia e pelo fraco desempenho dos mercados regionais depois do declínio em Wall Street em meio a crescentes preocupações sobre a crise de débito na Europa.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, caiu 3,1% e fechou aos 721,29 pontos, uma vez que os mercados regionais tiveram baixa em meio a preocupações sobre os débitos da Europa, com as vendas se acelerando já que os mercados europeus abriram em fortes quedas.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, baixou 1,9% e fechou aos 1.250,13 pontos, menor pontuação em três meses, com preocupações sobre as tensões na península coreana e os problemas de débito na zona do euro. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host