UOL Notícias Notícias
 
26/05/2010 - 17h42 / Atualizada 26/05/2010 - 17h56

Bovespa fecha em alta de 1,70%, acima de 60 mil pontos

São Paulo - Após dois dias no vermelho, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acompanhou a melhora do humor externo e subiu. No fim do pregão, no entanto, as bolsas norte-americanas passaram a cair e levaram a uma redução dos ganhos do índice Bovespa (Ibovespa).

Ao final da sessão, o Ibovespa registrou alta de 1,70%, aos 60.190,36 pontos. Na pontuação mínima do dia, o indicador atingiu 59.179 pontos (baixa de 0,01%) e, na máxima, 60.701 pontos (alta de 2,56%). No mês, o Ibovespa acumula queda de 10,87% e, no ano, de 12,24%. O giro financeiro de hoje totalizou R$ 9,876 bilhões. Os dados são preliminares.

Os cortes orçamentários anunciados ontem pela Itália, a venda de bônus pelo país e por Portugal, além dos índices positivos nos EUA, incentivaram as compras de ações. Os investidores aproveitaram, inclusive, os preços baixos dos ativos no Brasil.

As Bolsas dos EUA, no entanto, não conseguiram sustentar a alta durante todo o dia, o que influenciou o movimento da Bovespa. No fim da sessão, os principais índices passaram a cair, influenciados pela notícia de que a China estaria reavaliando sua posição em dívidas vinculadas a países da zona do euro. O índice Dow Jones caiu 0,69%, o S&P 500 recuou 0,57% e o Nasdaq teve baixa de 0,68%.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host