UOL Notícias Notícias
 
27/05/2010 - 10h40 / Atualizada 27/05/2010 - 11h50

Cientistas propõem a Lula MP contra burocracia

São Paulo - Lideranças das principais organizações científicas do País - a Academia Brasileira de Ciências (ABC) e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) - entregaram ontem ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva uma proposta de medida provisória (MP) para reduzir a burocracia que dificulta o desenvolvimento científico-tecnológico nacional. O texto propõe mudanças na Lei de Licitações (8.666/93), apontada como "o maior entrave à atuação" das instituições de pesquisa do País.

Como solução, a medida provisória criaria um "regime jurídico especial para licitações e contratos realizados por Instituição Científica e Tecnológica (ICT) e Agência de Fomento" - denominações que incluem todas as universidades públicas, institutos nacionais como o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e agências de fomento como Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Hoje, o cientista que precisa comprar um microscópio passa pelo mesmo processo licitatório que um engenheiro que compra cimento para uma usina. Um processo complexo e lento que, segundo as entidades, é incompatível com a rapidez e a flexibilidade necessárias à ciência. A proposta foi entregue ao presidente ontem à noite, no primeiro dia da 4.ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, em Brasília. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host