UOL Notícias Notícias
 
28/05/2010 - 17h07 / Atualizada 28/05/2010 - 17h30

Dólar comercial fecha em queda de 0,93%, a R$ 1,809

São Paulo - O dólar comercial fechou o dia em baixa de 0,93%, cotado a R$ 1,809 no mercado interbancário de câmbio. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o dólar à vista fechou em alta de 0,37%, a R$ 1,8217. Na semana, o dólar comercial acumulou baixa de 2,79%. Em maio, a moeda registra alta de 4,15% e, no ano, de 3,79%.

Hoje, tudo apontava para um dia tranquilo, às vésperas dos feriados nos Estados Unidos (Memorial Day) e no Reino Unido (Spring Bank Holiday). Mas a calmaria durou apenas até a hora do almoço, quando a agência Fitch rebaixou a classificação de risco da Espanha. O rebaixamento e a nova ameaça de guerra entre as Coreias derrubou as bolsas e as commodities (matérias-primas), já que o euro voltou a sofrer pressão de venda.

Depois de aprovar um pacote de austeridade esta semana, o governo da Espanha está tentando fazer uma limpeza em seu setor bancário, especialmente nos bancos de poupança, após intervir no CajaSur. Hoje, o banco de poupança espanhol Caja Madrid informou que está negociando a fusão de algumas de suas operações com vários outros bancos. Em um documento entregue ao órgão regulador do mercado espanhol, o banco Caja de Ávila disse que os bancos Caja Insular de Canárias, Caixa Laietana, Caja Segovia e Caja Rioja também podem fazer parte união.

No mercado brasileiro, os movimentos em torno da formação da ptax - taxa de câmbio calculada pelo Banco Central (BC) - que será usada na liquidação dos contratos futuros de junho, na próxima terça-feira, tornaram os negócios com a moeda americana mais voláteis.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host