UOL Notícias Notícias
 
02/06/2010 - 07h15 / Atualizada 11/06/2010 - 14h06

Bolsa de Tóquio cai 1,1% após realização de lucros

Tóquio - A Bolsa de Tóquio fechou em queda, com a realização de lucros que se seguiu à forte alta observada na sessão da manhã, ante a notícia da renúncia do primeiro-ministro Yukio Hatoyama. O índice Nikkei 225 terminou em baixa de 108,59 pontos, ou 1,1%, e fechou aos 9.603,24 pontos.

Os players especulavam que o próximo governo pode adotar uma posição mais favorável às empresas, uma vez que, sob a liderança de Hatoyama, o Partido Democrático do Japão (PDJ) patrocinou propostas impopulares, como os acentuados cortes nas emissões de gases causadores do efeito estufa e as limitações à contratação de trabalhadores temporários.

O Nikkei estava em alta no meio do dia (no Japão), mas as vendas voltaram a dominar o pregão à tarde. "A renúncia de Hatoyama deflagrou compras de curto prazo, mas não criou uma tendência compradora", disse o presidente da Investrust, Hiroyuki Fukunaga.

Ele advertiu que persistem as preocupações com a desvalorização do euro. Nos próximos dias, segundo Fukunaga, os investidores deverão se orientar pelos dados do mercado de trabalho dos EUA e por outros indicadores. A sustentação do Nikkei deve se situar nos 9.500 pontos ao longo da próxima semana, segundo a estimativa de Fukunaga.

O iene chegou a se desvalorizar depois que Hatoyama anunciou sua renúncia, diante do temor de que um aumento da turbulência política viesse a pesar em sua decisão. Mas os investidores logo voltaram a comprar a moeda. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h19

    -0,86
    3,130
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h21

    1,12
    64.473,50
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host