UOL Notícias Notícias
 
04/06/2010 - 06h59 / Atualizada 04/06/2010 - 07h16

Bolsa de Tóquio recua 0,1% após a maior alta do ano

Tóquio - A Bolsa de Tóquio fechou em queda, com a consolidação de posições que se seguiu à forte alta de ontem, ao mesmo tempo em que o mercado aguardava a escolha do novo primeiro-ministro do Japão. O índice Nikkei 225 caiu 13,0 pontos, ou 0,1%, e fechou aos 9.901,19 pontos, depois de ter registrado na quinta-feira a maior alta do ano, de 3,2%.

No meio do dia, a eleição do ministro das Finanças, Naoto Kan, como líder do Partido Democrático do Japão (PDJ), foi o primeiro passo para a substituição do primeiro-ministro Yukio Hatoyama, mas não surpreendeu a bolsa, que teve um giro fraco do início ao fim do pregão.

O dólar avançou ligeiramente sobre o iene em relação ao fechamento do dia anterior e era negociado a 92,69 ienes às 4h (de Brasília). Mas o estímulo do câmbio para a alta do Nikkei deve se manter fraco, a menos que a moeda norte-americana continue a subir depois da marca dos 93 ienes, segundo o gerente de uma corretora japonesa.

Ele observou, porém, que o mercado vem acompanhando os sinais de Wall Street e o sentimento geral para as ações não parece ruim. O analista Mamoru Nakajo, da Phoenix Securities, afirmou que os dados sobre o mercado de trabalho dos EUA, que saem nesta sexta-feira, são decisivos para as ações japonesas. Se os dados levantarem os índices acionários norte-americanos, o Nikkei pode recuperar o nível dos 10 mil pontos na semana que vem, disse Nakajo. Conhecido defensor de um iene fraco, Naoto Kan deve ser confirmado como primeiro-ministro também na próxima semana, e em seguida escolherá seu gabinete. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,22
    3,175
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host