UOL Notícias Notícias
 
04/06/2010 - 07h40 / Atualizada 04/06/2010 - 07h49

Petrobras inicia período de silêncio para oferta de ação

São Paulo - Na noite de quarta-feira, véspera de feriado, a Petrobras divulgou nota sobre início do período de silêncio referente à oferta pública de ações que pretende fazer dentro do processo de capitalização. A companhia também anunciou os bancos coordenadores globais da oferta pretendida. São eles: Bank of America Merrill Lynch, Bradesco BBI, Citi, Itaú-BBA, Morgan Stanley e Santander.

"A companhia se encontra em período de silêncio, ficando impossibilitada de prestar esclarecimentos ou discutir com o mercado e demais públicos de interesse qualquer tipo de informação relacionada à proposta de oferta pública de ações até a publicação do anúncio de encerramento da oferta", explica o comunicado. A nota sobre o período de silêncio não informa o cronograma. No entanto, a previsão da estatal até onde se tinha notícia era de conclusão da captação até o começo de agosto.

No dia 21 de maio, a estatal havia alertado que a oferta pública de ações dependia de algumas condições, entre as quais a definição da necessidade de recursos para financiamento do Plano de Negócios da companhia para o período 2010-2014. Na ocasião, informou que a expectativa era anunciá-lo na primeira quinzena de junho, com valores de investimento entre US$ 200 bilhões e US$ 220 bilhões. Entre as outras condições estão a aprovação por acionistas dos limites de capital e a definição do montante a ser pago à União pela cessão onerosa dos direitos de exploração e produção de até 5 bilhões de barris de óleo equivalente.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,56
    3,261
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    1,28
    73.437,28
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host