UOL Notícias Notícias
 
11/06/2010 - 14h37 / Atualizada 11/06/2010 - 15h47

Bolsas europeias fecham em alta, mas Frankfurt recua

Londres - A maior parte das Bolsas europeias fechou em alta no último pregão da semana, beneficiadas pelo bom desempenho das ações dos bancos e das empresas de petróleo e gás. A exceção foi o índice Dax, da Bolsa de Frankfurt, que fechou em queda de 0,14%, aos 6.047,83 pontos, pressionado por dados negativos sobre as vendas no varejo nos Estados Unidos em maio.

Nos demais mercados, o impacto do indicador norte-americano foi sentido com menor intensidade. O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,40%, aos 249,46 pontos. Esta foi a terceira sessão consecutiva de fechamento em alta do Stoxx 600, cujos ganhos no acumulado da semana foram de aproximadamente 2%. O índice FTSE-100, da Bolsa de Londres, teve alta de 0,61%, para 5.163,68 pontos. Na Bolsa de Paris, o índice CAC-40 subiu 1,11%, para 3.555,52 pontos. Na Bolsa de Madri, o índice Ibex-35 avançou 3,95%, para 9.561,70 pontos.

Na opinião de analistas, a primeira queda em oito meses das vendas no varejo nos EUA levanta dúvidas sobre as perspectivas de recuperação da economia norte-americana. "Fundamentalmente, a perspectiva de crescimento ainda não está totalmente clara", comentou Peter Dixon, estrategista do Commerzbank. "Isto continua colocando em xeque" o sentimento dos investidores.

Os papéis da fabricante de produtos esportivos Adidas fecharam em queda de 1,81%, cedendo parte das acentuadas altas obtidas nas sessões que antecederam a abertura de hoje da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Mesmo com a baixa de hoje, as ações da Adidas subiram 4,91% no acumulado da semana.

Já as ações da British Petroleum subiram 7,22%. De acordo com o periódico "The Wall Street Journal", a petrolífera poderia postergar ou cortar os dividendos pagos aos acionistas no segundo trimestre para aplacar as duras críticas feitas à companhia nos Estados Unidos por causa de um extenso derramamento de óleo no Golfo do México.

O setor financeiro também teve um desempenho acima da média. Os papéis do BNP Paribas subiram 5,59% e os do Société Générale avançaram 3,25%. O desempenho dos bancos espanhóis foi especialmente notável. As ações do Santander tiveram alta 7,17% e as do BBVA subiram 5,55%. Em reunião de acionistas, o presidente do Santander declarou que o banco projeta lucro para 2010 similar ao do ano passado, de 8,9 bilhões de euros, além de pagamento de dividendos de 0,60 euro por ação. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host