UOL Notícias Notícias
 
11/06/2010 - 21h03 / Atualizada 11/06/2010 - 21h06

Procuradora acusada de maus-tratos depõe no TJ do Rio

São Paulo - Começou nesta noite o depoimento da procuradora aposentada Vera Lúcia de SantAnna Gomes, acusada de tortura a menina de dois anos que estava sob sua guarda provisória, ao juiz Mario Henrique Mazza, da 32º Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. O depoimento deve terminar por voltas das 22h, segundo informação da assessoria de imprensa do TJ.

Pela manhã, o juiz ouviu testemunhas de acusação e defesa. Segundo o Tribunal de Justiça, a audiência aconteceu a portas fechadas, a pedido do Ministério Público e dos advogados da ré. Segundo o TJ, algumas testemunhas estavam se sentindo pressionadas e expostas pelo assédio da imprensa.

Na terça-feira, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) havia negado habeas-corpus à procuradora aposentada.

Vera Lúcia se entregou à Justiça no dia 13 de maio e está presa no Complexo Penitenciário de Bangu, no Rio de Janeiro. No dia 18 de maio, a 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) negou pedido de liberdade à acusada. A defesa da procuradora recorreu de decisão do Tribunal de Justiça fluminense.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,45
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,39
    64.684,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host