UOL Notícias Notícias
 
15/06/2010 - 12h55 / Atualizada 15/06/2010 - 13h01

Copa altera rotina de estatais e grandes empresas

Rio - Os jogos da seleção na Copa do Mundo estão mexendo até mesmo com a rotina de grandes empresas e estatais brasileiras, como a Petrobras, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Vale. Na estatal do setor de petróleo, os funcionários da área administrativa serão liberados às 13h45 para assistir à estreia da seleção brasileira. Já na área operacional a definição ficará a cargo de cada gerente, para não interromper as atividades da empresa.

Na Vale, os funcionários deixarão os escritórios entre as 14h e as 14h30. A empresa também terá um esquema especial para as áreas operacionais. No BNDES, os funcionários deverão cumprir no mínimo quatro horas, até as 14 horas, quando serão liberados. Já o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) funcionará em horário normal, até as 19 horas. Os funcionários com horas extras, no entanto, poderão sair para acompanhar os jogos da seleção.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) encerrará o expediente às 14 horas. No entanto, haverá plantão da Superintendência de Relações com o Mercado e Intermediários (SMI), na CVM em São Paulo, até as 18 horas. Na sede da entidade, no Rio de Janeiro, o setor de Protocolo também fará plantão até as 18 horas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host