UOL Notícias Notícias
 
17/06/2010 - 17h34 / Atualizada 17/06/2010 - 17h37

Após dois dias de ganhos, Ibovespa perde 0,32%

São Paulo - Depois de dois dias em alta, a Bolsa de Valores de São Paulo voltou a recuar no pregão de hoje, não sem antes ter pisado, novamente, nos 65 mil pontos - movimento visto na véspera. Apesar do sucesso do leilão de títulos da Espanha, razão para o avanço das bolsas europeias, o Ibovespa seguiu o desempenho negativo dos índices norte-americanos que se seguiu à divulgação de dados fracos sobre a economia do país.

O índice Bovespa terminou em queda de 0,32%, aos 64.540,91 pontos. Na mínima, registrou 64.115 pontos (-0,98%) e, na máxima, os 65.182 pontos (+0,67%). No mês, acumula ganho de 2,37% e, no ano, perda de 5,90%. O giro financeiro totalizou R$ 6,411 bilhões. Os dados são preliminares.

A Bovespa abriu em alta, acompanhando o desempenho europeu após o bem-sucedido leilão de títulos feito pela Espanha. Mas logo virou para baixo, na esteira de Wall Street, que reagiu a uma bateria de indicadores ruins. Foram fracos os pedidos de auxílio-desemprego (+12 mil ante previsão de -6 mil), o índice de atividade industrial do Federal Reserve da Filadélfia (8 em junho, de 21,4 em maio, e ante previsão de que iria para 21), o índice dos indicadores antecedentes (+0,4%, ante previsão de +0,6%).

Com esta leva de notícias ruins, as Bolsas norte-americanas trabalharam o dia todo em baixa, mas viraram a poucos minutos do fim. O Dow Jones terminou o pregão com alta de 0,24%, aos 10.434,17 pontos, o S&P subiu 0,13%, aos 1.116,04 pontos, e o Nasdaq avançou 0,05%, aos 2.307,16 pontos.

Apesar da alta do euro ante o dólar, as commodities terminaram em baixa e pesaram sobre o Ibovespa, sobretudo as blue chips Vale e Petrobras. Vale ON recuou 1,76% e Vale PNA, -1,39%, Petrobras ON caiu 0,55% e Petrobras PN, -0,44%. Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), o contrato futuro do petróleo com vencimento em julho recuou 1,13%, para US$ 76,79 o barril.

Com as principais ações de olho no mercado externo, o Ibovespa teve um contraponto dos papéis voltados ao consumo doméstico, que é o que tem sustentado o desempenho da economia. As maiores altas do Ibovespa hoje foram MRV ON (+3,68%), Natura ON (+2,17%) e PDG ON (+2,05%). Registraram as maiores quedas, TIM PN (-3,54%), BrT PN (-3,23%) e Tele Norte Leste PNA (-3,08%).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host