UOL Notícias Notícias
 
17/06/2010 - 19h58 / Atualizada 17/06/2010 - 20h03

Mulher que acordou no IML morre em Alagoas

São Paulo - A mulher dada como morta e que acordou no Instituto Médico Legal de Alagoas Estácio de Lima, em Maceió, na manhã de ontem, Divaci Cordeiro dos Santos, de 60 anos, morreu na madrugada de hoje vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Ela estava internada no Hospital Geral do Estado.

De acordo com o legista e diretor do Instituto Médico Legal de Alagoas , Gerson Odilon, Divaci pode ter sofrido uma catalepsia, distúrbio que impede o paciente de se movimentar, apesar de manter os sinais vitais e os sentidos funcionando. Segundo Odilon, é um caso raro, mas que pode acontecer, deixando a pessoa em estado de morte aparente.

Segundo ele, nesse processo há um comprometimento de origem neurológica, no qual os batimentos cardíacos e respiratório persistem, mas não são percebidos. Isso pode ocorrer devido a um surto psicótico ou esquizofrênico, ao alcoolismo e até mesmo a um Acidente Vascular Cerebral.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h09

    0,17
    3,271
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h14

    -0,50
    63.764,70
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host