UOL Notícias Notícias
 
22/06/2010 - 20h10 / Atualizada 22/06/2010 - 20h20

Greve fecha nove farmácias Dose Certa em São Paulo

São Paulo - A greve dos trabalhadores da Fundação para o Remédio Popular (Furp), ligada à Secretaria de Estado da Saúde, prejudicou o funcionamento de nove Farmácias Dose Certa, que distribui medicamentos em todo Estado de São Paulo. O Sindicato dos Químicos de Guarulhos e Região (Sindiquímicos), que começou a paralisação na última quinta-feira, divulgou que uma reunião com a Superintendência da Furp está marcada para amanhã. A fundação entrou com uma ação cautelar e pedido de liminar junto ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª Região de São Paulo, a fim de manter em funcionamento 30% dos atendimentos para os serviços essenciais.

As unidades das Farmácias Dose Certa fechadas devido à greve são Clínicas, Barra Funda, Carrão, Vila Mariana, Guaianazes, Sapopemba, São Mateus, Santo Amaro e Sé. Segundo a Secretaria de Saúde, os medicamentos distribuídos pelas Farmácias Dose Certa estão também disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde. Outras 11 unidades, no entanto, mantém seu funcionamento normal - Ana Rosa, Braz, Itaquera, Saúde, Santana, Tucuruvi, Perus, além dos hospitais Santa Marcelina do Itaim Paulista, Sapopemba, Pedreira, Mandaqui e Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Geraldo Bourroul e Cotia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host