UOL Notícias Notícias
 
24/06/2010 - 18h32 / Atualizada 24/06/2010 - 19h16

Bancos, petroleiras e varejo fazem NY fechar em queda

Nova York - O mercado norte-americano de ações fechou em queda, com o índice S&P-500 acumulando quatro pregões seguidos de baixas, o período mais longo de perdas consecutivas das últimas sete semanas. As ações do setor financeiro caíram, devido às incertezas sobre o formato final da nova legislação norte-americana de supervisão bancária. O fraco informe de resultados da Bed Bath & Beyond fez caírem as ações do setor de comércio varejista.

"As pessoas estão muito cautelosas e nervosas neste momento, o que está levando a um mercado incrivelmente volátil. Os investidores parecem estar de mau humor, como resultado de decepções com os informes de resultados", comentou Joe Heider, sócio da Rehman. As ações da Bed Bath & Beyond caíram 5,64%, em reação a seu informe de resultados; as da Nike recuaram 3,99%, depois de a receita da empresa no trimestre março/maio ficar abaixo das previsões.

Em meio a informes de acordos no âmbito do Congresso nos EUA para novas exigências de capital para os bancos e de restrições a operações com derivativos no mercado de balcão na legislação que está sendo elaborada, as ações do setor financeiro também caíram (JPMorgan Chase -2,21%, Bank of America -2,66%).

Já as ações do setor de energia caíram em reação à primeira ação judicial relacionada ao vazamento de petróleo no Golfo do México; acionistas iniciaram uma ação contra a Anadarko Petroleum, argumentando que ela fez declarações falsas sobre sua participação na plataforma Deepwater Horizon, cuja explosão causou o vazamento. As ações da Anadarko caíram 5,24%; as da ExxonMobil recuaram 1,69% e as da Chevron perderam 1,98%.

Os temores quanto à perspectiva da economia, depois de um comunicado cauteloso do Federal Reserve (Fed, banco central americano) ontem e de novo salto nos swaps de default de crédito da Grécia, afetaram ações industriais como Alcoa (-2,80%), Caterpillar (-1,49%) e DuPont (-1,99%). No setor de tecnologia, as ações da Dell caíram 6,44%, depois de analistas fazerem previsões cautelosas sobre as vendas da empresa na Europa.

O índice Dow Jones fechou em queda de 145,64 pontos (-1,41%), em 10.152,80 pontos. O Nasdaq fechou em queda de 36,81 pontos (-1,63%), em 2.217,42 pontos. O S&P-500 fechou em queda de 18,35 pontos (-1,68%), em 1.073,69 pontos. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h49

    -0,23
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h52

    -0,20
    75.837,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host