UOL Notícias Notícias
 
25/06/2010 - 06h45 / Atualizada 25/06/2010 - 06h57

Bolsa de Tóquio cai 1,9% com alta do iene tecnologia

Tóquio - A Bolsa de Tóquio fechou em forte queda, sob pressão da valorização do iene e depois que corretoras importantes rebaixaram as ações de empresas ligadas ao setor de chips, como Tokyo Electron e Advantest. O índice Nikkei 225, que tem pesada influência das ações de tecnologia, caiu 190,86 pontos, ou 1,9%, e fechou aos 9.737,48 pontos.

O índice foi golpeado desde a abertura, com os fracos resultados apresentados por varejistas dos EUA e novas preocupações em relação ao câmbio, já que o dólar caiu para menos de 89,50 ienes. Às 3h (de Brasília), a moeda norte-americana subia para 89,59 ienes, mas o Nikkei atingiu nova mínima intraday com a ampliação dos swaps de default de crédito da Grécia e o enfraquecimento das outras bolsas asiáticas.

As exportadoras de tecnologia ficaram sob pressão vendedora em razão do rebaixamento de pesos-pesados do Nikkei, como Tokyo Electron, Advantest e Canon. O Credit Suisse cortou a recomendação da Tokyo Electron para Neutra, da Canon para "Underperform" (abaixo da média do mercado) e reduziu o preço-alvo da Advantest em quase 10%. O Credit Suisse apontou a perspectiva sombria para o mercado de chips de memória e o iene forte entre os motivos para seu pessimismo.

As atenções dos investidores agora se voltam para o relatório sobre o mercado de trabalho nos EUA, a ser divulgado na semana que vem, bem como para a pesquisa trimestral "tankan" sobre o sentimento empresarial no Japão, em 1º de julho. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host