UOL Notícias Notícias
 
28/06/2010 - 07h33 / Atualizada 28/06/2010 - 07h46

Bolsas asiáticas fecham sem sinal definido

Tóquio - Os mercados da Ásia iniciaram a semana sem tendência definida. Nesta segunda-feira, algumas bolsas reagiram a números econômicos dos Estados Unidos. Outras foram influenciadas por fatores locais.

A Bolsa de Hong Kong teve ligeira alta, liderada pelas ações dos setores imobiliário e petrolífero. O índice Hang Seng subiu 35,89 pontos, ou 0,2%, e terminou aos 20.726,68 pontos.

Já as Bolsas da China sofreram, pela quarta sessão seguida, com as incertezas sobre o preço da oferta pública inicial (IPO) do Agricultural Bank of China, que está na iminência de ser lançada. O índice Xangai Composto caiu 0,7% e encerrou aos 2.535,28 pontos. O índice Shenzhen Composto recuou 1,5% e terminou aos 1.012,91 pontos.

O yuan se desvalorizou em relação ao dólar, por conta da ausência de comentários sobre a política de câmbio da China na reunião do G-20. O yuan caiu a despeito de o Banco do Povo da China ter fixado a taxa de paridade central dólar-yuan a novo recorde de baixa, a 6,7890, abaixo do recuo a 6,7896 na sexta-feira. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6.7967 yuans, de 6,7900 yuans do fechamento de sexta-feira.

Por sua vez, a Bolsa de Taipé, em Taiwan, apresentou leve alta. O índice Taiwan Weighted subiu 0,4% e fechou aos 7.500,79 pontos.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul fechou praticamente estável depois de o índice Kospi ter oscilado dentro de uma faixa estreita, com os investidores de lado, à espera dos dados econômicos dos EUA. O índice adicionou apenas 0,13% e fechou aos 1.732,03 pontos.

A Bolsa de Sydney, na Austrália, teve sua quinta queda consecutiva, em meio ao desapontamento com a revisão do PIB dos EUA, divulgada na sexta-feira. O índice S&P/ASX 200 baixou 0,7% e fechou aos 4.384,5 pontos.

Já a Bolsa de Manila, nas Filipinas, encerrou com a maior pontuação dos últimos 30 meses, sustentada pela recomposição das carteiras no final do trimestre. O índice PSE avançou 0,3% e fechou aos 3.363,90 pontos.

A Bolsa de Cingapura começou a semana em uma forte nota, mas com volume fraco, indicando que os investidores continuam a esperar por novas notícias sobre a economia global. O índice Straits Times ganhou 0,6% e fechou aos 2.869,99 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, subiu 0,3% e fechou aos 2.955,73 pontos, com a estabilidade da moeda fornecendo suporte.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, subiu 1,4% e fechou aos 804,40 pontos, com ganhos em todos os setores, embora com volume fraco.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, recuou 0,1% e fechou aos 1.325,54 pontos, com os investidores de lado na ausência de fatores de estímulo. O fraco sentimento regional manteve a maioria dos setores no vermelho. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host