UOL Notícias Notícias
 
10/07/2010 - 10h02 / Atualizada 10/07/2010 - 10h07

Mudança força formado em Obstetrícia a voltar para USP

São Paulo - Alunos formados e já diplomados pela Universidade de São Paulo (USP) no curso de Obstetrícia terão de voltar aos bancos universitários por até mais um ano para complementar a formação necessária para o exercício da profissão. A USP decidiu rever a graduação oferecida no câmpus da zona leste, chamado de Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), depois de identificar que os formados não conseguiam registro profissional nem aceitação no mercado.

Os cerca de 80 alunos que já concluíram o curso de Obstetrícia não têm encontrado emprego sequer nas redes públicas de saúde estadual e municipal. Por isso, toda a grade do curso foi alterada. Entre as principais mudanças, o curso terá aulas práticas e ampliação do número de disciplinas de enfermagem. Será, agora, de nove semestres, e terá uma carga horária maior.

As alterações foram aprovadas pelo Conselho Universitário - instância máxima da instituição - no mês passado e já valem para o vestibular de 2011. Os atuais alunos, que se formariam neste ano, terão de cursar mais disciplinas e só completarão a graduação no ano que vem. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h39

    -0,10
    3,143
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h44

    0,39
    68.981,69
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host