UOL Notícias Notícias
 
12/07/2010 - 10h16 / Atualizada 12/07/2010 - 10h55

Bovespa abre em alta de olho em semana cheia

São Paulo - O mercado acionário doméstico começa a semana devagar, mas em alta, aproveitando a ausência de indicadores hoje no exterior após final de semana prolongado pelo feriado em São Paulo na sexta-feira e já pronta para enfrentar a pesada agenda da semana, que inclui importantes indicadores na China e nos Estados Unidos e o início da fase de balanços corporativos. Às 10h14, o índice Bovespa (Ibovespa) subia 0,58%, aos 63.843 pontos.

Segundo analistas, se as bolsas norte-americanas ampliarem o sinal negativo, a Bovespa pode testar uma realização de lucros, devolvendo um pouco da alta acumulada em junho, de 4,17%. Nos EUA, os índices futuros de ações acenam com uma realização de lucros, após a alta da semana passada, a melhor em termos porcentuais em um ano. Mas se no exterior for observada uma melhora, a Bolsa pode ter mais um dia de ganhos. No mercado de commodities, os metais devolvem ganhos, mas o petróleo, que chegou a ensaiar uma realização de lucros mais cedo, voltou ser negociado acima de US$ 76 por barril em Nova York.

Hoje, diante da falta de indicadores macroeconômicos, as atenções se voltam para o começo da temporada de balanços. Após o fechamento, a Alcoa inicia a safra de balanços do segundo trimestre nos EUA. No Brasil, os resultados também começam oficialmente hoje, com a Localiza abrindo seus números após o fechamento, mas a temporada começa a esquentar mesmo a partir da próxima semana. Os mercado espera que a recuperação marginal da economia dos EUA no primeiro trimestre se traduze em números melhores de balanços. A dúvida é quanto às previsões futuras de lucros das empresas.

O PIB da China referente ao segundo trimestre, assim como os dados de produção industrial, vendas no varejo e inflação somados aos indicadores que serão divulgados nos EUA vão fornecer uma radiografia mais clara sobre o ritmo da recuperação da economia global, após o mercado aparentemente ter se livrado do desânimo na semana passada. Agora, resta ver se esses indicadores irão confirmar um quadro mais benigno da economia global. Ao mesmo tempo, o mercado ainda tem como pano de fundo os testes de estresse na Europa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host