UOL Notícias Notícias
 
14/07/2010 - 10h37

Bolsas de NY abrem sem direção comum definida

Nova York - As Bolsas de Nova York abriram sem direção definida hoje, mas com o setor de tecnologia beneficiando-se do anúncio ontem pela Intel de seu melhor trimestre em 42 anos. Mas a expectativa com a ata e as projeções econômicas do Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano), além dos indicadores na China, pode manter os investidores cautelosos - embora muitos esperem que as informações não sejam indigestas e atrapalhem o período de trégua iniciado na segunda-feira com a abertura, pela Alcoa, da temporada de balanços. Às 10h35 (de Brasília), o Dow Jones caía 0,23%, o Nasdaq subia 0,32% e o S&P 500 recuava 0,34%.

Os futuros em NY mantiveram ganhos após o resultado pior do que o esperado das vendas no varejo, que caíram 0,5% em junho, pelo segundo mês seguido. O resultado ficou acima da queda de 0,3% estimada por analistas. Às 11 horas (de Brasília) saem os dados de estoques das empresas em maio nos Estados Unidos e, às 15 horas, o Fed divulga a ata da última reunião de política monetária, realizada em 23 de junho, e projeções para a economia. Mais uma vez, o comitê do Fed manteve os juros na faixa de zero e 0,25% ao ano - nível em que se encontram desde dezembro de 2008 - e também não mexeu na frase sobre manter os Fed Funds excepcionalmente baixos "por um período prolongado".

Na China, hoje à noite, sai uma bateria de indicadores: Produto Interno Bruto (PIB) do 2º trimestre, que deve mostrar crescimento de 10,5% ante expansão prevista de 11,9% no primeiro trimestre, além de índices de preços ao produtor e ao consumidor, vendas no varejo e produção industrial. Após o fechamento do pregão ontem, os holofotes foram todos para a Intel e seu balanço, o melhor trimestre em seus 42 anos de história. Melhor em vendas, melhor em lucratividade, melhor do que qualquer estimativa. A companhia atribuiu os resultados a "uma forte demanda" e o presidente da empresa disse que "as economias do mundo vão continuar a refletir o novo momento econômico".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host